Menu
Busca quarta, 20 de fevereiro de 2019
(67) 99647-9098
Justiça

STF debate amanhã criminalização da homofobia

Ação pede para que homofobia e transfobia sejam consideradas crime de racismo

12 fevereiro 2019 - 10h16Da redação

O Supremo Tribunal Federal (STF) vai discutir nesta quarta-feira (13), duas ações que pedem que a homofobia e a transfobia se tornem crime.

As duas ações que serão julgadas amanhã requerem que a homofobia e transfobia sejam consideradas crime de racismo, descrito na lei 7.716/89, com penas de um a cinco anos de prisão. As reivindicações chegaram à Corte por meio de duas ações movidas pela Associação Brasileira de Gays, Lésbicas e Transgêneros (ABGLT) e o Partido Popular Socialista (PPS), em 2012 e 2013.

Eles argumentam que o artigo 5º da Constituição Federal de 88 determina que qualquer discriminação atentatória dos direitos e liberdades fundamentais seja punida criminalmente. Ao não legislar sobre a homofobia e a transfobia, deputados e senadores estariam se omitindo inconstitucionalmente, por “pura e simples má vontade”, algo que o Congresso nega.

A ação também requer que o STF fixe um prazo para que seja criada a lei e que, caso ele não seja cumprido ou se um prazo seja sequer considerado necessário pela Corte, ela própria regulamente temporariamente a questão até uma decisão do Congresso que criminalize esse preconceito, que para os autores das ações configura tipo de racismo, ponto que são alvo de controvérsia entre especialistas da área.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Justiça
Juízes tomam posse como membros efetivos do TRE-MS
Justiça
Nando e comparsa serão julgados na quarta-feira, pela morte de "Larissa"
Justiça
STF volta a julgar criminalização da homofobia
Justiça
Escola Judicial de MS capacitou servidores do Judiciário
Justiça
Justiça aceita denúncia de associação criminosa e fraude em aeroporto
Justiça
STJ nega pedido de prisão domiciliar do médium João de Deus
Justiça
Nando pega mais dois anos de prisão por ocultação de cadáver
Justiça
Vínculo afetivo supera laços biológicos, decide TJ
Justiça
Paschoal Leandro dá posse à magistrados no TJ-MS
Justiça
Em posse concorrida, Paschoal Leandro assume o TJ

Mais Lidas

Geral
Imagens fortes: Mulher perde 80% do lábio inferior após ser mordida em briga
Polícia
No centro, homem tenta fotografar partes íntimas de mulher
Polícia
Mulher é espancada após negar manter relações sexuais com marido
Polícia
Em briga na cela, presidiário fura olho de outro