Menu
Menu
Busca quarta, 29 de maio de 2024
Secovi
Justiça

STF forma maioria e suspende ações que pedem liberação de armas

Todos os processos que tratam o Decreto nº 11.366/2023 serão encerrados

10 março 2023 - 16h42Pedro Molina

O Supremo Tribunal Federal (STF) formou maioria e suspendeu o julgamento de todos os processos em curso na Justiça que tratam do Decreto nº 11.366/2023, que prevê o controle dos registros para aquisição e transferência de armas de fogo de uso restrito.

O decreto determina a suspensão de novos registros para a aquisição e transferência de armas e de munições de uso restrito caçadores, colecionadores, atiradores e particulares (CAC’s), a restrição dos quantitativos de aquisição de armas e de munições de uso permitido, a suspensão da concessão de novos registros de clubes e de escolas de tiro e de novos registros para CACs, além da criação de um grupo de trabalho para nova regulamentação do Estatuto do Desarmamento.

O caso é analisado em plenário virtual, e já contou com votos favoráveis do relator do caso, ministro Gilmar Mendes, Cármen Lúcia, Alexandre de Moraes, Edson Fachin, Dias Toffoli e Roberto Barroso.

Ainda em fevereiro, o STF havia reconhecido a constitucionalidade do decreto e entendeu que ele tem como objetivo frear a “tendência de vertiginosa flexibilização das normas de acesso a armas de fogo e munições no Brasil”.

“Longe denotar qualquer espécie de inconstitucionalidade, vai, ao invés, ao encontro do entendimento deste Supremo Tribunal Federal quanto ao tema”, diz trecho da decisão.

 

Tenha em seu celular o aplicativo do JD1 e acompanhe em tempo real todas as notícias. Para baixar no IOS, clique aqui. E aqui para Android.

Reportar Erro
Assembleia - Maio24

Deixe seu Comentário

Leia Também

TJ teve dois destaques em ranking do CNJ
Justiça
TJ teve dois destaques em ranking do CNJ
Fachada da Câmara Municipal de Campo Grande -
Política
Suplente do PSDB assume vaga na Câmara de Campo Grande
Rafael Tavares
Geral
TRE-MS valida desfiliação de Rafael Tavares do PRTB
Previdência Social
Justiça
STF vai decidir sobre pagamento integral de aposentadoria por doença incurável
Prefeita de Jardim é condenada por conduta vedada, mas escapa da cassação
Justiça
Prefeita de Jardim é condenada por conduta vedada, mas escapa da cassação
Valor da tarifa de ônibus a R$1,75 vale apenas para usuários Smart Card/Cartão Cidadão
Justiça
Justiça manda começar perícia nas contas do Consórcio Guaicurus
Gabriela foi assassinada com vários disparos
Justiça
Prisão de homem acusado de auxiliar em feminicídio em Campo Grande é mantida
Defensoria garante passe livre a homem com problemas na visão em Campo Grande
Cidade
Defensoria garante passe livre a homem com problemas na visão em Campo Grande
Moraes determina que PF ouça delegado preso suspeito de planejar morte de Marielle
Justiça
Moraes determina que PF ouça delegado preso suspeito de planejar morte de Marielle
STF prorroga diretriz das cotas raciais em concursos públicos
Justiça
STF prorroga diretriz das cotas raciais em concursos públicos

Mais Lidas

Waldeli dos Santos Rosa -
Política
Ex-prefeito é condenado por espalhar "Deep Fake" em Costa Rica
Vítima morreu ainda no local
Polícia
Homem é morto a tiros após jogar salgado em dono de lanchonete
Campo Grande amanhece encoberta de névoa
Clima
Campo Grande amanhece com neblina e frio ganha novo aliado nesta segunda
Delegadas Elaine Benicasa e Analu Lacerda deram detalhes sobre o crime de Amalha Mariano
Polícia
Nova versão: Caminhoneiro matou corretora após discussão em caso extraconjugal