Menu
Menu
Busca quinta, 29 de fevereiro de 2024
Justiça

TCU pede informações para investigar causas da crise dos Yanomami

Tribunal fechou parceria com a CGU e irá auditar sistemas do governo federal

01 fevereiro 2023 - 18h32Pedro Molina     atualizado em 01/02/2023 às 18h33

O Tribunal de Contas da União (TCU) solicitou acesso integral ao sistema utilizado pelo governo federal para poder realizar uma investigação sobre as possíveis causas que levaram à atual crise de vulnerabilidade dos indígenas Yanomami.

O vice-presidente do TCU, Vital do Rêgo, é atualmente o relator do processo de fiscalização das ações do governo em parceria com a Controladoria-Geral da União (CGU).

O TCU irá formar um grupo para realizar a auditoria, e será composto por cinco auditores, sendo dois da AudSaúde, um da AudAgroambiental e dois do Núcleo de Análise de Dados, todos da Secretaria de Controle Externo de Desenvolvimento Sustentável (SecexDesenvolvimento).

Foi solicitado acesso ao Sistema de Informações da Atenção à Saúde Indígena (Siasi) e ao Sistema de Informação em Saúde para a Atenção Básica (Sisab).

 

Tenha em seu celular o aplicativo do JD1 e acompanhe em tempo real todas as notícias. Para baixar no IOS, clique aqui. E aqui para Android.

Reportar Erro

Deixe seu Comentário

Leia Também

Justiça
Defensoria Pública da União nega integrar grupo para criar cadeia para indígenas em MS
Interior
Erosão ameaça moradias em Amambai e MPMS investiga prefeitura
Justiça
TJMS decide se "Xande" vai a júri por matar adolescente com três tiros em Campo Grande
Justiça
Transporte universitário em Nova Alvorada do Sul é alvo de investigação do MPMS
Justiça
Alexandre Nardoni irá para regime aberto após reduzir quase mil dias da pena
Polícia
Adepol rebate advogada em Caso Sophia
Justiça
TCE-MS condena ex-presidente da Câmara de Jaraguari
Interior
TCE-MS suspende licitação de R$ 2,5 milhões para transporte escolar em Mundo Novo
Política
TSE veta deep fake e amplia deveres das redes sociais nas eleições de 2024
Justiça
Assassino de Wesner é preso e começa a cumprir 12 anos de prisão na Capital

Mais Lidas

Vídeos
Vídeo: Travesti bate em jovem e tribunal a pune
Justiça
Ex-secretários de saúde de Glória de Dourados são condenados pelo TCE-MS
Polícia
Bêbadas, mulheres dizem ter sido abandonadas pela PM na BR-163 após suposta abordagem
Geral
Aposentado viaja de motor home com a esposa e já percorreu mais de 120 mil km