Menu
Busca terça, 21 de janeiro de 2020
(67) 99647-9098
Perkal Topo - janeiro-20
Polícia

Baiano Zé de Lessa, líder da facção BDM, é morto pela polícia de MS

José Francisco Lumes, o Zé de Lessa, é fundador da quadrilha Bonde do Maluco e estava foragido no Paraguai

04 dezembro 2019 - 09h12Priscilla Porangaba, com informações da assessoria

Apontado pela Secretaria da Segurança Pública da Bahia (SSP-BA) como o bandido mais procurado do estado da Bahia, o baiano José Francisco Lumes, o Zé de Lessa, foi morto na manhã desta quarta-feira (4) pela polícia de Mato Grosso do Sul.

Segundo informações do Correio24Horas, Zé de Lessa é o “Ás de Ouro” do Baralho do Crime, organograma montado pela Secretaria de Segurança Pública da Bahia para identificar os bandidos mais perigosos do estado.

Além de Zé de Lessa outros três homens foram mortos e um foi preso na operação da polícia sulmatogrossense, que aconteceu em uma chácara localizada entre as cidades de Aral Moreira e Coronel Sapucaia.

De acordo com o secretário de Estado de Segurança, Carlos Videira, eles eram procurados desde segunda-feira e policiais localizaram o esconderijo na noite dessa terça-feira (3), onde ficaram de tocaia e nesta manhã, com mandados emitidos pelo juízo de Amambai em mãos, entraram na propriedade.

Os policias teriam sido recebidos a tiros pelos bandidos, e revidaram. Ainda de acordo com o secretário, alguns bandidos fugiram para uma área de mata e com apoio do helicóptero do Grupamento de Patrulhamento Aéreo (GPA), policiais fazem buscas pelo local.

Segundo a polícia, todos são suspeitos de integrar a quadrilha que atacou um carro-forte da empresa Brink’s na fronteira com o Paraguai na segunda-feira (2).

Zé de Lessa tinha envolvimento com ataques a bancos, assaltos a carros-forte, sequestro e tráfico de drogas. Ele estava escondido no Paraguai. Em 2018, ele quase foi preso, segundo, mas fugiu.

A operação envolveu além da equipe da Garras, o Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope), o Departamento de Operações de Fronteira (DOF) e uma equipe da Polícia Militar (PM)  de Amambai.

O secretário da Segurança Pública da Bahia, Maurício Barbosa contou sobre a ação. "Estávamos há alguns anos trocando informações com a Polícia Federal e inclusive com a Polícia do Paraguai. Sabíamos que ele estava lá, trazendo droga para abastecer o BDM  aqui no nosso estado e que, por algumas oportunidades nós tivemos quase próximos de pegá-lo, mas graças a Deus a polícia do Mato Grosso do Sul nessa ação conseguiu tirar ele de circulação. Para nós é um alívio e agora é trabalhar em cima das informações que eles detém lá. Já pedimos para a inteligência averiguar o que tinha com ele, quem estava andando com ele para ver se tem a informação de prática de outros crimes aqui no estado", afirmou

O secretário está na Aústria, onde participa de viagem institucional para compra de novos armamentos.


 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Polícia
Scalise fala em “compaixão” sobre mulher que ateou fogo na antiga Casa do Papai Noel
Polícia
PMA autua fazendeiro em mais de R$180 mil
Polícia
Criminosos invadem templo da Igreja Universal e levam dinheiro
Polícia
Substituto do narcotraficante Minotauro, é transferido de prisão
Polícia
Ex-namorada não aceita fim de relacionamento e ateia fogo em jovem
Polícia
Adolescente tranca pai em casa para denunciar abuso sexual
Polícia
Policial Militar morre ao ser atropelada por um caminhão
Polícia
Azambuja determina reforço policial na fronteira
Polícia
Policia Militar divulga balanço de crimes já cometidos em 2020
Polícia
Traficante que vendia com maquininha diz que foi pedido dos clientes

Mais Lidas

Geral
Nova diretoria do Sindifisco define metas
Geral
Homem procura por familiares em Mato Grosso do Sul
Cidade
Programa da prefeitura se destaca no país após premiação
Polícia
Scalise fala em “compaixão” sobre mulher que ateou fogo na antiga Casa do Papai Noel