Menu
Busca sábado, 25 de janeiro de 2020
(67) 99647-9098
Perkal Topo - janeiro-20
Polícia

Carreta fica destruída após incêndio

As chamas foram controladas pelo Corpo de Bombeiros, mas o veículo estava totalmente destuído

12 agosto 2019 - 16h53Mauro Silva, com informações do Nova News

Os funcionários e clientes que estavam em um posto de combustível localizado na MS-276, em Batayporã, no início da noite de domingo (11), ficaram assustadas quando uma carreta graneleira com placas do Rio do Grande do Sul ficou destruída ao pegar fogo.

De acordo com o site Nova News, o condutor estacionou a carreta atrás do restaurante do posto, quando iniciou a chama  que tomou conta da parte frontal da veículo. Fortes explosões foram registradas.

O Corpo de Bombeiros de Nova Andradina foi acionado e ao chegar no local combateu às chamas, porém, o veículo já estava totalmente destruído. Como o incêndio ocorreu em um posto de combustíveis, pessoas que trabalham no local ficaram apreensivas, com medo de que uma tragédia pudesse ocorrer.

O fogo foi controlado e ninguém se feriu, as causas do incêndio ainda não foram divulgadas.

Imagens - Nova News

Deixe seu Comentário

Leia Também

Polícia
Homem é encontrado morto com sinais de espancamento em terreno
Polícia
Casal é preso com mais de R$ 400 mil em celulares e relógios
Polícia
PM de folga mata jovem a tiro em confusão em posto de combustíveis
Polícia
Dupla é presa com 7 kg de cocaína
Polícia
Com arma roubada, trio é abordado por policiais
Polícia
Homem é morto por disparos nas costas de calibre 22
Polícia
Trio é abordado com carros suspeitos em Operação Hórus
Polícia
Vídeo - Casa e carro de deputado estadual são fuzilados por pistoleiros
Polícia
'Operação Laburu' tem 1ª ação no antigo terminal rodoviário da capital
Polícia
Policiais militares impedem tentativa de suicídio

Mais Lidas

Polícia
Homem é encontrado morto com sinais de espancamento em terreno
Esportes
Internacional vence Grêmio nos pênaltis e ganha Copa São Paulo de Juniores
Geral
Bruno Covas recebe alta após 7ª sessão de quimioterapia
Polícia
Casal é preso com mais de R$ 400 mil em celulares e relógios