Menu
Busca domingo, 22 de maio de 2022
(67) 99647-9098
Tjms Maio22
Polícia

Casa de advogada executada é saqueada na fronteira

Os invasores levaram o aparelho DVR que estava depositado as imagens de câmeras de segurança

30 novembro 2018 - 09h25Da redação

A casa da advogada Laura Casuso, 54 anos, executada a tiros por pistoleiro na cidade paraguaia de Pedro Juan Caballero, no dia 12 de novembro, foi revirada e furtada na quinta-feira (29) em Ponta Porã.

Segundo o site Porã News,  policiais do Setor de Investigações Gerais (SIG) foram avisados sobre uma possível invasão de residência, e ao chegar no local eles constataram que a casa pertencia a advogada morta no início do mês.
 
O imóvel é situado na de Ponta Porã  e informações apontam que era usada pela vítima. A casa foi completamente revirada  e os invasores teriam furtado o aparelho DVR com as imagens de câmeras de segurança instalada na residência.

 Depois que a polícia descobriu que a residência pertencia a  Laura, equipes de vigilância  foram postas nas proximidades e houve a procura pelos familiares da mesma e pelas autoridades responsáveis pela investigação da execução da advogada.


Laura foi executada por pistoleiros no início de novembro.

 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Polícia
Mãe vai a polícia após sua filha ter rosto tatuado a força pelo ex
Polícia
Jovem é socorrido após ser agredido em baile na Capital
Polícia
Polícia apreende 37 kg de maconha dentro de máquina de lavar roupas
Polícia
Após discussão, mulher esfaqueia marido nas costas na Capital
Polícia
Produtor rural é multado em R$ 10 mil por degradação de matas ciliares
Polícia
Pavão some e homem ameaça matar vizinho na Capital
Polícia
Mulher é espancada com facão na frente das filhas no União
Polícia
Homem é encontrado morto em terreno baldio na fronteira
Polícia
Assassinato de jovem no Aero Rancho pode ter sido motivado por vingança
Polícia
JD1TV: Jovem de 21 anos é morto a tiros no Aero Rancho

Mais Lidas

Polícia
Assassinato de jovem no Aero Rancho pode ter sido motivado por vingança
Polícia
JD1TV: Jovem de 21 anos é morto a tiros no Aero Rancho
Geral
O drama de Delinha
Polícia
Motociclista que morreu após acidente na Joaquim Murtinho não tinha CNH