Menu
Menu
Busca quarta, 29 de maio de 2024
Secovi
Polícia

Casos de violência contra crianças devem passar a ser atendidos na Depac Cepol

O plantão será realizado fora do horário de funcionamento da DEPAC, em salas especializadas na unidade

18 abril 2023 - 17h12Brenda Assis

Durante a apresentação do balanço e resultado sobre os 100 primeiros dias de 2023 na tarde desta terça-feira (18), o Delegado Geral da Polícia Civil, Roberto Gurgel, informou que os atendimentos a casos de violência contra de crianças e adolescentes fora do horário da DEPCA (Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente) deve passar a ser recebido pela Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Cepol.

O primeiro trimestre, em relação a esses casos, foi tratado como ‘peculiar’ pelo delegado, uma vez que muitos registros de ocorrência aconteceram. “Uma das soluções que encontramos foi a elaboração de um projeto, já encaminhado a SEJUSP (Secretária de Estado de Justiça e Segurança Pública) para a criação de um centro de atendimento integrado para criança e adolescente”, explicou.

Atualmente, os casos fora do horário de funcionamento da DEPCA acontecem na DEAM (Delegacia de Atendimento Especializado à Mulher), pois lá existe uma sala do IMOL (Instituto de Medicina e Odontologia Legal).

Porém, por conta da grande demanda, os atendimentos devem ser transferidos para a Depac Cepol.

A respeito de uma previsão a respeito do plantão da DEPCA, alguns ajustes precisam ser feitos nas salas especificas para atender as crianças. “Nosso desejo é que junto a essas salas, seja criada uma para o IMOL. Para que quando os atendimentos sejam transferidos para a Depac Cepol, as vítimas passem por um atendimento pericial logo no registro da ocorrência, até porque aquilo que se produz na delegacia já serve como prova pro juiz”, comentou o delegado.

As equipes da Polícia Civil trabalham para que os direcionamentos sigam para a Depac o mais rápido possível.

No decorrer da coletiva, Roberto relembrou o Caso Sophia, dizendo que “todos os órgãos se compadecem com a família da menina”. O delegado geral enfatizou ainda que desde a morte da pequena, reuniões estão sendo feitas com ONG’s, o poder judiciário, Conselho Tutelar e outras partes para que novas ocorrências como essa não sejam registradas.

Reportar Erro
Assembleia - Maio24

Deixe seu Comentário

Leia Também

Pedro foi assassinado a facada
Polícia
Cunhada que matou rapaz com golpe de faca certeiro é presa em Campo Grande
Imagem Ilustrativa
Polícia
Jovem é preso tentando furtar o 5° carro usando um pedaço de garfo na UFMS
Juma foi morta na varanda de casa
Polícia
Homem é procurado por matar cadela com tiro na cabeça em Anastácio
Diante da 'viagem' que precisaram fazer, de aproximadamente 480km contado ida e volta, a operação de resgate durou 11h
Polícia
Peão cai de cavalo e é resgatado pelo Corpo de Bombeiros no Pantanal
Homem que estuprou a filha de 3 anos é preso em Jardim
Polícia
Homem que estuprou a filha de 3 anos é preso em Jardim
Imagem Ilustrativa
Polícia
Homem é esfaqueado durante roubo em ponto de ônibus em Corumbá
Braço da criança com hematoma
Polícia
Cuidadora de escola infantil é demitida após morder braço de criança de 3 anos
Estupradores presos pelo Choque tinham como 'alvo' crianças entre 5 e 13 anos
Polícia
Estupradores presos pelo Choque tinham como 'alvo' crianças entre 5 e 13 anos
O caso foi registrado na Depac Cepol em Campo Grande
Polícia
Será que é chifruda? Mulher bate na vizinha por conversar com seu marido no Lageado
Desesperado para achar sua cachorrinha, homem perde R$ 1 mil ao cair em golpe na Capital
Polícia
Desesperado para achar sua cachorrinha, homem perde R$ 1 mil ao cair em golpe na Capital

Mais Lidas

Waldeli dos Santos Rosa -
Política
Ex-prefeito é condenado por espalhar "Deep Fake" em Costa Rica
Vítima morreu ainda no local
Polícia
Homem é morto a tiros após jogar salgado em dono de lanchonete
Campo Grande amanhece encoberta de névoa
Clima
Campo Grande amanhece com neblina e frio ganha novo aliado nesta segunda
Delegadas Elaine Benicasa e Analu Lacerda deram detalhes sobre o crime de Amalha Mariano
Polícia
Nova versão: Caminhoneiro matou corretora após discussão em caso extraconjugal