Menu
Busca segunda, 26 de fevereiro de 2024
(67) 99647-9098
Polícia

Fim do sofrimento! Morre bebê de 2 anos espancado por casal no Los Angeles

Criança ficou 20 dias internada em estado considerado gravíssimo desde a sua chegada a Santa Casa

12 fevereiro 2024 - 16h23Luiz Vinicius     atualizado em 12/02/2024 às 16h26

Ele foi guerreiro, sobreviveu o quanto pôde e como pôde, mas o rostinho encantador finalmente teve seu sofrimento encerrado nesta segunda-feira (12). O menino, de 2 anos e 5 meses, que estava internado em estado gravíssimo na Santa Casa, após ser agredido pela mãe e o padrasto no bairro Los Angeles, teve sua morte constatada pela equipe médica.

A luta para sobreviver durou cerca de 20 dias após a sua internação, naquela tarde do dia 23 de janeiro. Naquele primeiro momento, a pediatra que atendeu a vítima indicava que as lesões não estavam compatíveis com uma queda, relatada pela mãe na chegada ao hospital e o caso gerou uma enorme investigação.

A advogada do pai da criança se pronunciou de maneira rápida ao dizer que o bebê morreu às 14h desta segunda-feira. Ela informou que o genitor precisou ser medicado em razão da notícia que recebeu.

"Não temos palavras, apenas lágrimas. O pai encontra-se inconsolável", frisou na nota.

Cerca de dois dias antes da mãe se apresentar na polícia, havia a notícia de abertura do protocolo de morte encefálica. Mas um fio de esperança surgiu após o menino reagir e interromper a sequência de exames. Contudo, a esperança virou desespero nos dias seguintes, já que aquele sinal de melhora, se foi e o drama voltou mais uma vez para quem acompanhava de perto o menino.

Nesse meio tempo, a mãe, de 19 anos, e o padrasto, de 24 anos, foram ouvidos, liberados e o inquérito policial seguiu como toda investigação de maus-tratos contra uma criança indefesa. O caso gerou revolta na população campo-grandense e era necessária uma resposta rápida em vista dos depoimentos apresentados pelos dois suspeitos.

A resposta veio. No dia 1° de fevereiro, a Depca (Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente) cumpriu dois mandados de prisão temporária contra o então casal e os colocou atrás das grades após a conclusão da investigação.

O registro do boletim de ocorrência havia sido feito como abandono de incapaz, se dá natureza resulta em lesão grave, mas agora, o casal foi indiciado por tentativa de homicídio.

Reportar Erro

Deixe seu Comentário

Leia Também

Polícia
Homem é assassinado pela esposa e colocado em posição de crucifixo em Rio Verde
Polícia
Homem leva pedrada e facada nas costas após briga em bar no Mário Covas
Polícia
Dono de tabacaria é baleado na bunda durante festa no Lageado
Polícia
Cantor apanha após dançar com mulher durante baile em chácara do Bonança
Polícia
Foragido por tráfico, filho de desembargadora de MS é preso em SP
Polícia
Homem invade delegacia e estupra funcionária em plena luz do dia em SP
Polícia
Motorista morrem durante acidente entre três carretas na MS-276, em Batayporã
Polícia
Fábrica de cerveja falsa é fechada no Paraná
Polícia
Sem vergonha, casal faz 'rala e rola' dentro do carro e com os vidros abertos no Caiobá
Polícia
Mulher esfaqueada no pescoço pelo irmão morre no hospital em Dourados

Mais Lidas

Polícia
AGORA: Casal morre após carro bater em carreta na BR-163, em Campo Grande
Polícia
Corpo é encontrado em pesqueiro no Jardim Pênfigo
Polícia
Cantor apanha após dançar com mulher durante baile em chácara do Bonança
Polícia
Cadeirante é encontrado morto em avançado estado de decomposição