Menu
Busca quarta, 26 de janeiro de 2022
(67) 99647-9098
Sebrae - Evento 50 + 50
Polícia

Homem é encontrado morto com 15 tiros na fronteira

Os disparos provocaram ferimentos por todo o corpo da vítima

10 dezembro 2018 - 08h29Da Redação

Um homem de aproximadamente 35 anos, ainda não identificado, foi morto a tiros na madrugada deste domingo (9), na região de fronteira entre o Brasil e o Paraguai. Marcas no corpo da vítima indicam que ao menos 15 disparos foram efetuados e que ele tenha sido torturado.

O homem foi encontrado morto com as mãos e pés amarrados, em Sanga Puitã, distrito de Ponta Porã. A equipe policial foi acionada por meio de uma ligação anônima, segundo informações do site ABC Color. Moradores da região relataram ter visto uma caminhonete, com placas brasileiras, se aproximando do local, na madrugada.

A suspeita é de que o corpo tenha sido abandonado no local após execução e o veículo retornado para o lado brasileiro.

Os disparos provocaram ferimentos por todo o corpo da vítima. A suspeita é de que o homem, que possuí diversas tatuagens e usava bermuda de cor azul, seja brasileiro. O caso está sendo investigado.

Senar - Jan22

Deixe seu Comentário

Leia Também

Polícia
Idoso espanca a sogra de 103 anos até a morte em Tacuru
Polícia
Vendedora é agredida e beijada a força por idoso de 73 anos em loja de bicicleta
Polícia
Homem esfaqueado no peito pela esposa no Noroeste morre no hospital
Polícia
Menor é apreendido após bater no padrasto e ameaçar a mãe de morte
Polícia
Na PF Soraya leva laudo que mostra montagem em áudio contra Tereza Cristina
Polícia
Polícia Civil prende homem suspeito de jogar drogas para dentro de presídio
Polícia
Cão da raça Golden invade residência e mata cachorro da vizinha
Polícia
Homem passa mal e morre na casa da mãe
Polícia
Suspeito de tentativa de homicídio é preso em Bonito
Polícia
Jovem desaparece no Pioneiros e família culpa 'dívida com agiotas'

Mais Lidas

Geral
Inscrições para Lote Urbanizado na capital terminam dia 31 de janeiro
Polícia
Garota de 14 anos planeja e executa a morte da tia a facadas
Geral
Justiça discute partilha de bens de R$ 500 milhões de Marília Mendonça
Polícia
Mulher vai trabalhar de diarista, furta celular e esconde R$ 20 mil em joias no corpo