Menu
Busca domingo, 20 de outubro de 2019
(67) 99647-9098
Governo vitimas
Polícia

Homem que furtou corpo de mulher do cemitério é preso bêbado

Ele confessou o furto de cadáver e não teve direito à fiança, sendo encaminhado ao presídio militar

18 fevereiro 2019 - 11h50Rayani Santa Cruz, com G1

O ex-tenente da polícia militar José Gomes Rodrigues, 57 anos, foi preso bêbado e dirigindo um carro sem placa, nas imediações da antiga rodoviária, em Campo Grande, no domingo (17). Ele que se apresentaria à Delegacia na terça-feira (19), acabou detido e confessou ter furtado o cadáver da ex-namorada na cidade de Dois Irmãos do Buriti.

Conforme o G1, por volta das 23h, quando guardas municipais  avistaram José descendo do carro com uma cerveja na mão. Ao pedir documentos, o suspeito teria apresentado apenas um holerite em nome dele, sem ter qualquer outro documento com foto ou então do carro. Ele se identificou como oficial da PM aposentado e apresentava "odor etílico, fala pastosa e andar cambaleante".

Ele foi convidado a fazer o teste de alcoolemia e apresentou 0,67 mg/l. O caso foi registrado como conduzir veículo automotor com capacidade psicomotora alterada.

José  não teve direito à fiança e foi encaminhado ao presídio militar, depois de prestar depoimento ao delegado Antônio Ribas Jr., plantonista da Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac) Centro.

"Como se trata de um PM reformado, ele foi encaminhado ao presídio militar. José passou pelo teste e deu acima do limite. Ele alegou que não estava dirigindo o carro e começou a beber somente depois que parou. No entanto, o guarda municipal nos ressaltou que o abordou imediatamente, após ele descer do carro. Eles disseram inclusive que chamou a atenção uma pessoa circulando com o carro da frente e atrás sem placa", explicou Ribas.

Conforme a polícia, a investigação do crime do corpo, além da reincidência na embriaguez ao volante, no ano de 2016, a prisão por violência doméstica neste mês e também no ano de 2011, foram motivos para o ex-tenente permanecer preso. "Nós questionamos sobre o crime da embriaguez, mas, ele confessou novamente o furto do cadáver e disse que tem outras pessoas envolvidas", ressaltou o delegado.

O caso

Rosilei foi assassinada a golpes de faca na noite de domingo (10), em Terenos, cidade vizinha a Dois Irmãos do Buriti. Em menos de 24 horas depois de ser sepultado, o corpo foi furtado do cemitério. De acordo com a polícia, o coveiro chegou para trabalhar na terça-feira (12) e encontrou o túmulo "bagunçado". As polícias Civil, Militar e Perícia Técnica foram acionadas. Ao desenterrar o caixão, foi constatado o sumiço do cadáver.

José manteve um relacionamento com a vítima por 20 anos, entre idas e vindas. O suspeito disse que furtou o corpo para enterrá-la na própria chácara, ao lado da janela de seu quarto, para ficar perto da vítima.
Ele deu banho, e após abraçar e beijar enterrou o corpo em uma cova rasa da chácara em Campo Grande.

O crime foi desvendado poucos dias depois do furto, após uma pessoa que ajudou José a furtar o cadáver, confessar tudo a polícia.

O crime

No dia 13 de janeiro, um trabalhador rural de 38 anos apresentou-se na delegacia de Terenos, acompanhado de dois advogados e confessou ter esfaqueado a mulher. Ele relatou à polícia que estava em um bar e que Rosilei derrubou uma bebida dele e que, por isso, teria dito a ela que pagasse outra dose.

Na versão do homem, quando ele estava indo embora, a mulher teria ido atrás dele e batido em sua cabeça. Ele disse que, com raiva, foi até o carro onde tinha uma faca e atingiu a vítima. A polícia investiga a participação de outras pessoas no crime.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Polícia
Comerciante é executado na fronteira
Polícia
Suspeito de participar de esquema de falsificação de documentos é preso
Polícia
PMR apreende quase 1,5 tonelada de maconha
Polícia
Mulher pede socorro a polícia após ser esfaqueada pelo marido
Polícia
Presos da PED mantinham roteador de internet e "sky gato" nas celas
Polícia
Falsos policiais invadem casa e homem é agredido a pauladas por atual de ex
Polícia
Carga irregular de 439 celulares Xiaomi, é interceptada pela PRF
Polícia
PMA multa infratora por manter papagaios em cativeiro com asas cortadas
Polícia
PRF apreende veículo conduzido por policial reformado com mercadoria paraguaia
Polícia
Investigados pela PF mantinham base do tráfico em MS

Mais Lidas

Justiça
Name já driblou a Justiça alegando problemas de saúde
Internacional
Mulher mata e esquarteja amigo que teria matado seu gato
Brasil
Vídeo - Câmeras mostram funcionário quebrando coluna de prédio antes de desabar
Geral
Prefeitura abre processo seletivo para entrevistador social