Menu
Busca segunda, 25 de março de 2019
(67) 99647-9098
TJMS março-19
Polícia

Um dos envolvidos em incêndio criminoso é identificado

O jovem queria "dar um susto" no dono do imóvel que teria cometido crimes na região

02 janeiro 2019 - 14h16Da Redação

A Polícia Civil identificou um dos quatro envolvidos no incêndio, que ocorreu há três dias e destruiu uma casa no Jardim Monumento, região sul de Campo Grande. O jovem, que não teve a identidade revelada, prestou depoimento e disse que a intenção do fogo era "dar um susto" em um jovem de 21 anos, que seria o proprietário do imóvel e teria cometido assaltos na região.

De acordo com Rosimeire Almeida Paz, o imóvel é dela desde 2005. "Houve uma época em que a casa foi tomada por usuários e eu saí de lá. Mas, há dois meses, retornei, coloquei concertina e expulsei todo mundo de lá. Apenas o meu filho mais velho ficou em um quartinho nos fundos. Fiquei lá todo este tempo até isto acontecer", explicou.

Sobre o filho mais velho, a mulher fala que ele não trabalha e acredita que "vive de roubos". "Desde o ocorrido ele sumiu, não tenho mais notícias dele. A polícia também recolheu imagens e viu um carro preto estacionando e algumas pessoas pulando o muro. Não queria nem mais voltar naquele lugar. Até uma moto nova, com apenas 6 mil km rodados e que estava guardada na garagem, foi queimada", lamentou.

De acordo com o delegado Danilo Mansur, responsável pelas buscas iniciais, o inquérito foi encaminhado para a 4ª Delegacia de Polícia. "Ele não revelou quem seriam os outros autores e estamos trabalhando para identificá-los. Este suspeito ressaltou que foi ele quem mostrou a casa aos outros, já que o jovem estaria comentendo crimes na região e incomodando moradores", explicou.

Incêndio

No último sábado (29), Rosimeire Almeida Paz, 42 anos, moradora do Jardim Monumento perdeu todos os móveis, documentos pessoais e uma moto Honda CG Fan em um incêndio que aconteceu em sua residência.

De acordo com o boletim de ocorrência, na hora que começou o fogo a dona da casa estava trabalhando e por isso não havia ninguém na residência, e a vizinha de Rosimeire que percebeu o incêndio e avisou a proprietária. Ao chegar em casa o Corpo de Bombeiros já estava no local. 

O caso será investigado pela polícia, pois existe a suspeita do ato ter sido criminoso, pois na região existem camêras de segurança e diante das imagens colhidas foi levanta essa hipótese. 

De acordo com Rosimeire, que mora seu esposo e seu filho de oito meses no local, praticamente tudo foi destruído pelas chamas, inclusive a moto que é financiada e ainda faltam 20 parcelas para quitar. "Perdemos tudo, nem mesmo a casa dá pra ser reformada. Ontem, os vizinhos em solidariedade compraram mamadeira, sabonete para que eu pudesse cuidar do meu bebê", disse Rosimeire. Ainda de acordo com ela, somente o carro não pegou fogo, pois estava com o esposo no trabalho. A família está aceitando qualquer ajudar, quem desejar pode ligar no (67) 9 9916-6770.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Polícia
Corpo sem cabeça é encontrado em estado de decomposição
Polícia
Acusado de matar a musicista Mayara vai a júri
Polícia
Homem é morto a pauladas por vizinho
Polícia
Brasileiro acusa policial paraguaio de esquema de corrupção
Polícia
Trabalhadores encontram corpo no rio Anhanduí
Polícia
Homem é preso por estuprar sobrinha de dois anos
Polícia
Irmãos tentam separar briga de casal e um é esfaqueado
Polícia
Imagem Forte - Homem é executado com mais de 20 disparos em Ponta Porã
Polícia
Embriagado, homem causa acidente e desacata bombeiros
Polícia
Em assalto, clientes ficam na mira de bandidos

Mais Lidas

Geral
Cantor sertanejo morre em acidente na BR-163
Polícia
Imagem Forte - Homem é executado com mais de 20 disparos em Ponta Porã
Política
Vídeo - Deputado apanha de vereador e sai machucado
Polícia
Trabalhadores encontram corpo no rio Anhanduí