Menu
Busca domingo, 16 de junho de 2019
(67) 99647-9098
Polícia

João de Deus volta a negar acusações por crimes sexuais

O médium prestou depoimento nesta quarta aos promotores do Ministério Público de Goiás

26 dezembro 2018 - 16h19Da redação

Ao prestar depoimento, nesta quarta-feira (26), aos promotores da força-tarefa do Ministério Público de Goiás (MP-GO) que investiga as acusações de crimes sexuais apresentadas por centenas de mulheres do Brasil e do exterior, o médium goiano João Teixeira de Faria, o João de Deus, voltou a afirmar que nunca cometeu nenhum abuso contra frequentadores do centro espírita Casa Dom Inácio de Loyola, em Abadiânia – Goiás.

Segundo o advogado Alex Neder, que acompanhou o depoimento, os promotores de Justiça Luciano Miranda Meireles e Paulo Eduardo Penna Prado se fixaram em três dos casos que estão sendo apurados pelo MP goiano, segundo o qual já foram coletados 78 depoimentos formais de mulheres de todo o país que se apresentam como vítimas de abuso sexual de João Teixeira.

“O senhor João respondeu a todas as perguntas, negando a todas as acusações”, disse o advogado. De acordo com o Neder, o médium não identificou a nenhuma das três denunciantes, garantindo não se lembrar delas. Além disso, João de Deus reafirmou que os atendimentos “espirituais” que oferece ocorrem às vistas de muitas pessoas que frequentam a Casa Dom Inácio.

A defesa espera que o Supremo Tribunal Federal (STF) aprecie o pedido de liberdade apresentado depois que o Tribunal de Justiça de Goiás e o Superior Tribunal de Justiça (STJ) negaram os pedidos de liminar para que o acusado fosse liberado para responder ao inquérito em casa, usando, se necessário, tornozeleira eletrônica.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Polícia
Com cinco mortes em uma semana, órgãos realizam operação em Reserva Indígena
Polícia
Durante encontro amoroso, homem é morto por ex-marido de mulher
Polícia
Ex-secretário morre em acidente na MS-157
Polícia
Tio e sobrinho são mortos a golpes de facão
Polícia
Acadêmica tenta cancelar matrícula, é multada e agride coordenadora
Polícia
Após denúncia de agressão, homem tenta matar esposa
Polícia
Dupla é presa furtando refletores do monumento Maria Fumaça
Polícia
Em uma hora, pistoleiros matam três pessoas na fronteira
Polícia
"Tribunal do crime" teria sido o responsável por execução em Itaporã
Polícia
Homem tem casa invadida e morre executado por tiros e facadas

Mais Lidas

Polícia
Durante encontro amoroso, homem é morto por ex-marido de mulher
Polícia
Ex-secretário morre em acidente na MS-157
Polícia
Tio e sobrinho são mortos a golpes de facão
Educação
Extrato de pagamento do Bolsa Família terá alerta sobre trabalho infantil