Menu
Busca quinta, 24 de setembro de 2020
(67) 99647-9098
TJMS setembro20
Polícia

Marido chega bêbado e espanca grávida e agride enteada

Homem teria dito que cortaria o cabelo de uma das enteadas com um machado

10 agosto 2020 - 07h52Marcos Tenório

Uma grávida de dois meses foi agredida a socos pelo marido na noite deste domingo (9), em Ponta Porã, que fica a 346 quilômetros de Campo Grande. Ele aindabateu em os dois enteados.

A vítima estava em sua casa quando o marido chegou na residência embriagado e descontrolado. Ele começou a discutir com a esposa dizendo que iria acabar com todosna casa. 

O homem teria dito que cortaria o cabelo de uma das enteadas com um machado. Ele teria empurrado as crianças, foi quando a gestante pediu para que ele parasse, foi o momento em que o autor deu um socos contra uma das enteadas e depois agrediu com socos na barriga a companheira grávida. 

Após as agressões, a grávida passou a ter sangramentos. A polícia foi acionada. A mulher pediu por medidas protetivas contra o autor. O homem fugiu e não foi encontrado pelos policiais.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Polícia
Dois são presos tentando entrar com drogas em presídio
Polícia
Iagro aprende 120 cabeças de gado e documentação falsa
Polícia
Operação contra o jogo do bicho vaza e é antecipada
Polícia
No Pernambuco, bandido usa nome de campo-granense para comprar celular
Polícia
Jovem tem moto furtada no Pires do Tiradentes
Polícia
Antes de tirar a vida, Jorge disse ao pai que iria comprar celular no shopping
Polícia
"Não foi tiro", polícia conclui que menina de 7 anos sofreu ferimento no rosto ao cair de muro
Polícia
Após ouvir barulho, morador encontra homem baleado em frente de casa
Política
AO VIVO - Acompanhe a reunião da Comissão do Pantanal no Senado
Polícia
Depósito de maconha é encontrado nos fundos de igreja evangélica

Mais Lidas

Polícia
Dois são presos tentando entrar com drogas em presídio
Polícia
Iagro aprende 120 cabeças de gado e documentação falsa
Polícia
Operação contra o jogo do bicho vaza e é antecipada
Polícia
No Pernambuco, bandido usa nome de campo-granense para comprar celular