Menu
Menu
Busca sábado, 22 de junho de 2024
Governo - Vazio sanitario Jun24
Polícia

Nova versão: Caminhoneiro matou corretora após discussão em caso extraconjugal

Em coletiva, Deam aponta "sequência de erros" do acusado, que disse não ter tido intenção de assassina-lá e tese sobre "golpe do seguro" cai por terra

27 maio 2024 - 11h44Luiz Vinicius e Brenda Assis    atualizado em 27/05/2024 às 11h44

A morte da corretora Amalha Cristina Mariano Garcia, de 43 anos, não foi ocasionada em razão de um "golpe do falso seguro" como Fabiano Garcia Sanches, de 38 anos, havia relatado anteriormente ao Batalhão de Choque. A investigação e o interrogatório feito pela Deam (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher) apontou que o crime aconteceu após a descoberta de um relacionamento extraconjugal.

Segundo apresentado pelas delegadas Elaine Benicasa e Analu Lacerda na manhã desta segunda-feira (27), em entrevista coletiva, Fabiano e Amalha já haviam se conhecido antes e tido um caso após ele tentar comprar uma casa para sua mãe e visitar alguns apartamentos.

Durante essas visitas, houve convites para encontros futuros, saídas e afins. Esse vínculo gerou também empréstimos de dinheiro por parte da corretora para o caminhoneiro, que no dia do crime, dia 21 de maio, esteve na casa do acusado e houve uma nova pedida: cerca de R$ 900 e um encontro na residência do homem, no Jardim Centenário.

Porém, na conversa, Amalha descobriu que Fabiano era casado e houve uma discussão entre eles, que evoluiu para um empurrão do homem contra ela, fazendo com a que a vítima batesse a cabeça em um vaso de concreto e causando muito sangramento no piso da residência. Em seu interrogatório, o acusado alega que entrou em desespero, colocando o corpo da corretora no porta-malas e buscando um lugar para abandoná-lo.

"Sequência de erros dele. Ele não pensou em chamar o socorro, porque só tava pensando em se livrar [do corpo] porque a mãe ia chegar com o filho dele na casa", disse a delegada Analu. Após a desova do corpo na região do Porto Seco, aos fundos do Jardim Los Angeles, Fabiano continuou vivendo sua vida normalmente, lavando o Jeep Renegade, de propriedade da corretora, e também a própria residência.

A delegada também disse durante a coletiva que não houve luta corporal ou qualquer ação de violência na região de mata do Porto Seco. "Ele pegou as coisas dela e jogou em outro local. Só queria se livrar das evidências do crime".

Em relação ao carro, a Deam apontou que foi o próprio assassino que abandonou o veículo no Núcleo Industrial. "Ele alega ao mesmo tempo que não tentou tirar a vida da Amalha. Mas, ao mesmo tempo, tem toda uma tarde vivendo normal, tentando vender o carro".

Reportar Erro

Deixe seu Comentário

Leia Também

Ele estaria cometendo o crime a luz do dia, no meio da praça
Polícia
Homem que se masturbava em praça de Batayporã é indiciado pela Polícia Civil
Ela voltava da faculdade para casa quando foi abordada pelo autor
Polícia
Travesti tem testículos esmagados por estuprador em matagal
Homem é atingido por bala perdida enquanto dormia no Jardim Colorado
Polícia
Homem é atingido por bala perdida enquanto dormia no Jardim Colorado
O caso foi registrado na Depac Cepol em Campo Grande
Polícia
Homem é encontrado morto pelo amigo na casa em que moravam juntos na 14 de Julho
Rubel Gabriel estaria em alta velocidade quando colidiu com a traseira de trailer de lanche
Polícia
Motociclista de 19 anos morre durante acidente em avenida de São Gabriel do Oeste
Samu precisou intubar a vítima ainda no local devido ao seu estado de saúde ser gravíssimo
Polícia
Mulher que mandou sequestrar e torturar homem em Três Lagoas é presa
A vítima também vive em situação de rua pela região e está sendo atendida pela equipe médica no CRS Nova Bahia
Polícia
AGORA: Mulher é estuprada por morador de rua no Nova Lima
Ele foi socorrido pelo SAMU, sendo levado para o pronto-socorro da cidade
Polícia
Policial bate carro em árvore e é arremessado durante colisão em Aquidauana
Homem troca carne furtada de escola em 'boca de fumo' de Rio Brilhante
Polícia
Homem troca carne furtada de escola em 'boca de fumo' de Rio Brilhante
Caso foi registrado na Depac de Dourados
Polícia
Cadeirante morre duas semanas após ser atropelado por moto em Dourados

Mais Lidas

Polícia Civil esteve na empresa em que aconteceu o acidente de trabalho
Polícia
Trabalhador morreu prensado após esquecer de puxar freio de mão de caminhão
Breno Souza Firmino, de apenas 16 anos, atuava como volante na equipe SUB-17 da Portuguesa
Polícia
Adolescente de time de MS morre na Capital
Moradora de Ponta Porã morre ao ter AVC aos 37 anos
Polícia
Moradora de Ponta Porã morre ao ter AVC aos 37 anos
Cabo Almir e Sargento Santos do 10° Batalhão da Polícia Militar
Polícia
Policial morto estaria envolvido em esquema de tráfico e roubo junto com o sargento