Menu
Menu
Busca segunda, 22 de abril de 2024
Polícia

Professora evita tragédia e impede menores de atear fogo em escola

Eles tentavam jogar um coquetel molotov no pátio; crianças de seis e sete anos brincavam no local

26 março 2019 - 13h30Rayani Santa Cruz

Uma professora evitou que alunos jogassem um coquetel molotov (objeto em chamas) no pátio da Escola Municipal Valério Carlos da Costa, na tarde de segunda-feira (25), em Sidrolândia. Os menores tentavam jogar o artefato incendiário dentro do colégio e havia diversas crianças entre seis e sete anos, na hora do incidente.

De acordo com o Sidrolândia News, era por volta das 15h30 quando a professora Silvia Menezes Ferreira surpreendeu os adolescentes – de 16 e 17 anos –, antes que eles tivessem êxito na trama. Eles estavam do lado de fora da escola, próximo ao muro, com o coquetel molotov nas mãos e antes de arremessar, a professora gritou para que cessassem o ato. Os menores fugiram a pé.

A Polícia Militar foi acionada e encontrou a dupla em meio a um grupo de adolescentes. Eles confessaram ter usado o produto thinner, (solvente para diluir tinta, altamente inflamável), para tentar atear fogo no local. Eles foram apreendidos e encaminhados a Delegacia de Polícia.

Aliviada, a professora disse em depoimento que uma tragédia poderia ter ocorrido, já que crianças, brincavam no pátio no momento da ação dos infratores. 

Os delegados Diego Dantas e Thaís Duarte Miranda, ambos responsáveis pela Delegacia de Policia Civil de Sidrolândia, emitiram uma nota à imprensa, onde informaram que não descartam qualquer linha de investigação. Eles afirmam que a população da cidade deve se tranquilizar, pois, os elementos de informação colhidos até o momento não indicam planejamento elaborado, ligação a fanatismos ou intuito de invasão e ataque à escola por influência de fatos ocorridos recentemente em Suzano/SP.

Eles alertam que falsas informações divulgadas em redes sociais, que visem amedrontar a população ou criar pânico nos alunos, serão objeto de responsabilização criminal, a serem apuradas pela Polícia Civil.

Reportar Erro

Deixe seu Comentário

Leia Também

Tenente Sanches do Corpo de Bombeiros atendeu a ocorrência
Polícia
'Bastante violência', diz bombeiro sobre assassinato de garota de programa na Capital
Willames e Andressa eram casados e tinham 2 filhos
Polícia
Marido nega que tenha matado intencionalmente esposa no Nova Campo Grande
Corpo está dentro da residência do morador
Polícia
JD1TV AGORA: Morador mata garota de programa a facadas no Santo Antônio
Ford Ka ficou bastante destruído
Interior
Motorista escapa da morte após desviar de anta e capotar carro na BR-060, em MS
Com crianças no carro, bêbado arrebenta casa e tenta ferir PMs com faca na Capital
Polícia
Com crianças no carro, bêbado arrebenta casa e tenta ferir PMs com faca na Capital
Vítima chegou a ser levada para o hospital da Santa Casa
Polícia
Criança de 3 anos morre atropelada e motociclista foge no Paulo Coelho Machado
Imagem Ilustrativa
Polícia
Suspeitos cravam faca nas costas de rapaz no Mário Covas
Foto: Divulgação GCM
Polícia
Com adesivo de empresa falsa, homem é flagrado com R$ 8 mil em fios furtados
Mulheres usam crianças para tentar deter policiais em ação contra perturbação de sossego
Polícia
Mulheres usam crianças para tentar deter policiais em ação contra perturbação de sossego
Homem sofre queimaduras de 3° grau após explosão de botijão
Polícia
Homem sofre queimaduras de 3° grau após explosão de botijão

Mais Lidas

AGORA: Capitão do Batalhão de Choque morre na Capital
Polícia
AGORA: Capitão do Batalhão de Choque morre na Capital
Emocionados, vários miliares acompanharam o velório do Capitão
Polícia
Velório de Capitão do Choque arrancou lágrimas até dos mais "durões"
Capitão Leonardo Mense partiu durante a noite de sábado (21)
Polícia
'Imenso legado': Capitão Mense é homenageado por autoridades e instituições de MS
JD1TV: Mulher morre ao ser atropelada várias vezes pelo namorado na Capital
Polícia
JD1TV: Mulher morre ao ser atropelada várias vezes pelo namorado na Capital