Menu
Busca quinta, 13 de agosto de 2020
(67) 99647-9098
TJMS agosto/20
Polícia

Suspeito de matar dona de restaurante é preso e já foi garçom da vítima

'Cebolinha' estava escondido em um hotem em Corumbá

14 julho 2020 - 13h15Sarah Chaves, com informações do Diário Corumbaense

O suspeito do assassinato de Liane Aparecida Arruda, de 51 anos, Fabiano Velasques, de 28 anos, conhecido como “Cebolinha”, foi preso na manhã desta terça-feira (14) após ser encontrado escondido em um  hotel em Corumbá.

De acordo com o Diário Corumbaense, a Polícia Civil confirmou a prisão do suspeito, porém não deu mais detalhes.

O crime aconteceu no último sábado (11) e o corpo da vítima foi encontrado no domingo (12). Segundo a investigação, ‘Cebolinha’ teria agido sozinho, é ex-funcionário do restaurante de Liane, onde trabalhou como garçom. Pelo crime, ele já tinha a prisão decretada e também já tem outras passagens policiais.

Imagens de câmeras de segurança que já foram analisadas pela investigação, revelam que na noite do crime, um indivíduo, que seria “Cebolinha”, estava encapuzado e esperava pela vítima, pois ela tinha o costume de levar funcionários do restaurante em casa, após o trabalho. No momento em que ela recolhia o veículo na garagem, ele entrou e ficou por cerca de trinta minutos.

Nesse tempo, o acusado rendeu a vítima e cobriu uma das câmeras de segurança internas com uma toalha de mesa. Liane foi amordaçada e morta com oito perfurações no pescoço, ocasionadas por canivete ou algo similar. Após cometer o crime, o autor pegou o carro da comerciante e levou dinheiro, joias e o gabinete de computador que gravava imagens das câmeras do restaurante.

Ele teria saído pela cidade, onde, então, se encontrou com outras pessoas, que a princípio, de acordo com as investigações, não sabiam do que havia ocorrido horas antes. Por isso, as garrafas de cerveja que estavam no veículo de Liane.

Pelo menos sete pessoas já foram ouvidas no inquérito, o que possibilitou a identificação de "Cebolinha".

O crime

A comerciante Liane Aparecida Arruda, de 51 anos, foi amordaçada, esfaqueada e morta na madrugada de domingo (12), em Corumbá.

Além disso, o delegado plantonista da Polícia Civil, Willian Rodrigues, informou que informou que a vítima estava amordaçada quando foi encontrada.

O carro de Liane, um Volkswagen Fox, também foi levado, mas encontrado abandonado próximo a pista do Aeroporto Internacional de Corumbá no final da manhã de domingo. Foram encontrados no veículo, garrafas de cerveja, o gabinete de computador (CPU) e um "pó branco" no banco de trás, que pode ser entorpecente. A maçaneta da porta do lado do motorista também tinha vestígios de sangue.

Senar - agosto2020

Deixe seu Comentário

Leia Também

Polícia
Negociação com homem que tenta suicídio, dura mais de 11 horas
Polícia
AO VIVO - Homem tenta se matar no Cophavilla
Polícia
Agora: Homem faz família de refém e fala em suicídio
Polícia
Personal trainer é assassinada por casal de vizinhos
Polícia
Idoso aceita carona e tem carteira levada no Nova Lima
Polícia
Adolescente que fugiu, volta para casa e está bem
Polícia
Tio estupra sobrinho com quem mora e é preso seis meses após denúncia
Polícia
Operação contra pedofilia cumpre sete mandados e prende dois na Capital
Polícia
Carga de eletrônicos milionária é apreendida em MS
Polícia
Motorista que estava “desaparecido” é encontrado morto em motel

Mais Lidas

Polícia
Negociação com homem que tenta suicídio, dura mais de 11 horas
Polícia
AO VIVO - Homem tenta se matar no Cophavilla
Geral
Bolsonaro corta 60% da verba destinada à Rede Globo
Polícia
Agora: Homem faz família de refém e fala em suicídio