Menu
Menu
Busca domingo, 14 de julho de 2024
Secovi - Julho24
Política

Azambuja fala sobre reforma da Previdência na Globo News

Para o governador, a reforma é essencial para o desenvolvimento do país

21 fevereiro 2019 - 08h56Rayani Santa Cruz    atualizado em 22/02/2019 às 22h14

O governador Reinaldo Azambuja, foi entrevistado ao vivo pelo Jornal Em Pauta, da GloboNews, na manhã desta quinta-feira (21).  Os jornalistas Roberto Burnier, Aline Midle e Octávio Guedes fizeram perguntas pertinentes a reforma da Previdência e gestão em Mato Grosso do Sul.

Logo de início o governador pontuou sobre a importância da reforma da Previdência entregue ao Congresso pelo Executivo Federal. Para ele, a reforma tem pontos positivos, é necessária e deve seguir em ampla discussão no Senado. “Precisa ser feita, alguns estados já fizeram da maneira que poderia para não ferir a Constituição, mas, a mudança maior depende desta reforma. O Brasil precisa ter consciência que não podemos mais ficar fora do equilíbrio fiscal”.

Questionado sobre as orientações a bancada federal, o governador disse que existe toda a liberdade, e os deputados terão que trabalhar pelo convencimento, do que é o melhor a ser feito.

Ele citou o exemplo de MS, que formulou a questão previdenciária dos servidores estaduais criando uma previdência complementar em 2017 e aumentando alíquota dos servidores para 14% ao invés de 11% como é praticado em alguns estados.  “A administração pública não é um milagre, temos receitas e despesas. Hoje, nós estamos trabalhando com todos os setores funcionando, as folhas de pagamentos em dia para aposentados e ativos, se não tivesse  feito a reforma previdenciária dos servidores estaduais, lá atrás, talvez estivéssemos passando dificuldades no estado”, explicou Azambuja.

Reinaldo também comentou sobre a participação do Fórum Nacional dos Governadores ocorrida nesta semana. “Colocamos prioridades como o SUS, Sistema Integrado de Segurança Pública e como que vai ser rateado os recursos entre os estados. Questões federativas como a Lei Kandir- Fundeb, foram citadas entre os governadores”.

No fórum, Azambuja defendeu a unificação em um único texto dos interesses da União com os dos estados e municípios. O governador disse que 16 itens consensuais foram indicados pelos representantes para finalizar o texto.

Reinaldo adiantou ao Globo News, que já tem reunião marcada no mês de  março, com o ministro da Economia Paulo Guedes. ‘Acho que agora, é um diálogo permanente, os problemas são comuns e temos que verificar as melhores soluções. É melhor sentir esse gosto amargo agora, do que termos que cortar aposentadorias futuramente devido o buraco na economia”.

Reportar Erro

Deixe seu Comentário

Leia Também

Donald Trump é alvo de tentativa de assassinato durante comício nos EUA
Política
Donald Trump é alvo de tentativa de assassinato durante comício nos EUA
Inflação argentina tem aumento e já acumula alta de 271,5% em 12 meses
Política
Inflação argentina tem aumento e já acumula alta de 271,5% em 12 meses
Ele apresenta ter problemas psicológicos, afirmando ser o 'Anjo Gabriel'
Polícia
Homem se apaixona por funcionária de loja e escreve carta de amor 'ameaçadora' em MS
Caminhoneiro que transportava celulares em compartimento escondido é preso
Política
Caminhoneiro que transportava celulares em compartimento escondido é preso
Projeto - HMCG
Saúde
Ação Popular põe em xeque a construção de hospital municipal em Campo Grande
Deputado estadual Coronel David (PL)
Política
Coronel David questiona prazos no inquérito dos conselheiros afastados do TCE/MS
Presidente Gerson ressaltou que mudanças otimizam recursos públicos
Política
Assembleia aprova novo Plano de Cargos que enxuga 40% da estrutura
Sessão na Câmara Municipal
Política
Vereadores fecham 1º semestre com mais de 270 Projetos aprovados
Vereadores na sessão
Política
Com previsão de R$ 6,8 bilhões, LDO de 2025 é aprovada por vereadores
Sessões são transmitidas ao vivo pelos canais oficiais da Casa de Leis
Política
Deputados aprovam e LDO segue para redação final

Mais Lidas

Tempo amanheceu nublado e característico de frio
Clima
Nova frente fria desembarca em MS trazendo ainda mais instabilidade
Maria Eloir Flores Vilante -
Interior
Cargo fantasma rende condenação de vereadora em Mato Grosso do Sul
O fim de uma era: Primeiras notas de real vão parar de circular
Geral
O fim de uma era: Primeiras notas de real vão parar de circular
E o frio persiste em Mato Grosso do Sul
Clima
Frente fria ganha 'sobrevida' e impõe mínima de 8°C nesta sexta-feira em MS