Menu
Busca sexta, 25 de setembro de 2020
(67) 99647-9098
TJMS setembro20
Política

Câmara aprova texto principal da MP do Mais Médicos

09 outubro 2013 - 12h02Via Portal Brasil
A Câmara dos Deputados aprovou na madrugada desta quarta-feira (09), em votação simbólica, o texto principal da Medida Provisória 621, que cria o Programa Mais Médicos. Ainda irão passar por votação em sessão extraordinária da Câmara na tarde de quarta-feira 13 destaques ao texto principal.

O texto aprovado foi apresentado pelo relator da MP, deputado Rogério Carvalho (PT-SE), depois de mais de seis horas de votação que contou com obstruções pelos partidos de oposição e também pelos deputados da bancada ruralista.

A MP 621 autoriza a contratação de médicos estrangeiros para atuação na atenção básica de saúde, em regiões que não dispõem desses profissionais (como em municípios do interior do país e áreas das periferias das grandes cidades) e também muda parâmetros da formação em medicina no Brasil.

Entre as modificações feitas no texto original do governo e aprovadas pelos deputados, estão a transferência da responsabilidade de registro para o Ministério da Saúde e a obrigatoriedade de revalidar o diploma após quatro anos no programa, além da avaliação de estudantes de medicina a cada dois anos.

O relator Rogério Carvalho defendeu o texto aprovado pela comissão mista do Congresso que apreciou a MP. Segundo ele, o texto melhorou a proposta do governo e trouxe avanços para o programa como a determinação para que o Sistema Único de Saúde (SUS) tenha um prazo de cinco anos para montar a infraestrutura necessária nas unidades básicas de Saúde.

Outra modificação aprovada pelos deputados foi a que transfere a responsabilidade para a emissão do registro provisório dos médicos estrangeiros dos conselhos regionais de Medicina para o Ministério da Saúde. O médico estrangeiro que participa do programa não poderá exercer o ofício da medicina fora das atividades do Mais Médicos.

No texto aprovado pela Câmara, foi mantido os artigos que estabelecem a bolsa de formação de R$ 10 mil para os participantes do programa, sem qualquer direito trabalhista, como 13º salário e contribuição para o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).

Programa Mais Médicos
Lançado pela Presidenta da República, Dilma Rousseff, no dia 8 de julho, o Mais Médicos faz parte de um amplo pacto de melhoria do atendimento aos usuários do SUS, com objetivo de acelerar os investimentos em infraestrutura nos hospitais e unidades de saúde e ampliar o número de médicos nas regiões carentes do país, como os municípios do interior e as periferias das grandes cidades. Os médicos do programa receberão bolsa federal de R$ 10 mil, paga pelo Ministério da Saúde, mais ajuda de custo, e farão especialização em Atenção Básica.

O governo federal está investindo, até 2014, R$ 15 bilhões na expansão e na melhoria da rede pública de saúde de todo o Brasil. Deste montante, R$ 7,4 bilhões já estão contratados para construção de 818 hospitais, 601 Unidades de Pronto Atendimento (UPAs 24h) e de 16 mil unidades básicas. Outros R$ 5,5 bilhões serão usados na construção, reforma e ampliação desses estabelecimentos de saúde, além de R$ 2 bilhões para 14 hospitais universitários.
Rota do Pantanal

Deixe seu Comentário

Leia Também

Política
Chapa do PSDB quer “dar voz” a sociedade
Política
Aprovação de Bolsonaro sobe para 40%, diz CNI/Ibope
Política
Capital já tem 9 candidatos a prefeito registrados no TRE
Política
Paulo Corrêa homenageia bombeiro que salvou recém-nascida
Política
Bolsonaro e Felipe Neto estão entre os 100 mais influentes do mundo
Política
Senado: Comissão do Pantanal aprova visita a Corumbá em outubro
Política
Câmara instala hoje comissão para mudar Lei da Lavagem de Dinheiro
Política
AO VIVO - Acompanhe a reunião da Comissão do Pantanal no Senado
Política
Onevan de Matos e seu candidato a vice, testam positivo para Covid-19
Política
Câmara aprova projeto que prorroga contratos durante a pandemia

Mais Lidas

Cidade
Prefeitura libera apresentação de artistas de outros estados, na capital
Geral
Sexta-feira terá live de Gusttavo Lima e Daniel, Duda Beat e Nando Reis
Cidade
Mais de 5 mil aulas para 1º CNH foram realizadas de forma online em MS
Política
Chapa do PSDB quer “dar voz” a sociedade