Menu
Busca domingo, 24 de maio de 2020
(67) 99647-9098
TJ MS maio20
Política

Coronel David elogia campanha "Maio Laranja"

O deputado estadual propôs a lei do “Cadastro” dos pedófilos

13 maio 2019 - 17h50Matheus Henrique, com informações da assessoria

O deputado estadual, Coronel David, elogiou a campanha “Maio Laranja” contra abuso sexual de crianças e adolescentes. Ele é um dos defensores da causa em Mato Grosso do Sul e criou a lei do “Cadastro” dos pedófilos.

Durante participação no lançamento da campanha na sexta-feira (10), Coronel David elogiou e destacou a importância da sociedade no assunto. De autoria do parlamentar, a lei 5.038/2017 do Cadastro Estadual de Pedófilos, possibilitará ao cidadão o conhecimento sobre condenados por atitudes relacionadas ao crime de pedofilia.

A lei prevê que o cadastro de pedófilos terá como foco a identificação daqueles condenados por decisão judicial definitiva. “Precisamos mobilizar toda a sociedade, através de ações como o "Maio Laranja" e criação de leis como a do Cadastro. Só assim poderemos proteger nossas crianças e famílias contra os atos cruéis destes criminosos sexuais”, afirma o deputado.

De acordo com estudos realizados pelo Disque Direitos Humanos, 70% das vítimas são crianças e adolescentes, entre oito e 15 anos, em sua maioria. Milhares de crianças e adolescentes são vítimas desses crimes, 62% dos abusadores são adultos entre 18 a 40 anos e, na maioria dos casos, o abusador é uma pessoa que a criança conhece e confia.

Também participaram do lançamento do evento "Maio Laranja" o presidente da Ordem de Advogados de Mato Grosso do Sul (OAB-MS), Mansour Karmouche, o governador Reinaldo Azambuja e o deputado estadual, idealizador da campanha, Herculano Borges.

Denúncias podem ser feitas pelos telefones Disque 100 e 190, da Polícia Militar.

Maio Laranja

Em Mato Grosso do Sul, a campanha "Maio Laranja" foi proposta pelo deputado estadual Herculano Borges e pela idealizadora do Projeto Nova, Viviane Vaz, que trabalha com sobreviventes do abuso e exploração sexual. A iniciativa virou projeto de lei que foi sancionada pelo governador Reinaldo Azambuja em dezembro de 2017.

Atividades para conscientização, prevenção e orientação sobre as formas de abusos contra crianças e adolescentes, serão promovidas durante o mês de maio. Os objetivos da campanha são: dar publicidade para que se denuncie a violência e orientar os jovens sobre o que é abuso, como prevenir e denunciar este tipo de crime.

Serão realizadas ações em todo o estado, como palestras e capacitações nas escolas, voltadas para os profissionais de educação, pré-adolescentes e adolescentes, distribuição de material publicitário, conteúdo digital com linguagem apropriada para crianças pequenas, adolescentes e vídeo-aula para qualquer adulto que tenha interesse em adquirir conhecimento e defender a causa.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Política
"Nenhum indício de interferência na Polícia Federal", diz Bolsonaro sobre vídeo
Política
“Respiro econômico”, diz David sobre suspensão de reajuste na energia até 2021
Política
Em vídeo, Bolsonaro pede que “povo se arme para evitar ditadura de governadores”
Política
AO VIVO - Vídeo de reunião com Bolsonaro e Moro
Política
Celso de Mello divulgará vídeo de reunião, mas exclui falas sobre China e Paraguai
Política
Eleições pode ser adiada para 15 de novembro ou 6 de dezembro, diz Maia
Política
PSL lança Vinícius Siqueira como pré-candidato a prefeitura da capital
Política
Em reunião, Bolsonaro diz a Reinaldo que socorrerá estados
Política
Assembleia: Deputados aprovam Reforma da Previdência Estadual
Política
Vídeo - O pau come na Câmara, Salineiro e Chiquinho Teles trocam farpas

Mais Lidas

Polícia
Passageira trans diz ter sido puxada pelos cabelos e chama motorista de covarde
Polícia
Homem é preso com quase 400 kg de maconha que iriam para São Paulo
Polícia
Assessor de Trump diz que EUA devem barrar voos do Brasil
Saúde
Secretário de vigilância pede demissão do Ministério da Saúde