Menu
Busca sexta, 06 de dezembro de 2019
(67) 99647-9098
Política

Destino da Funai será decidido por Bolsonaro diz futura ministra

Ela disse que o índio será tratado "como um todo"

11 dezembro 2018 - 11h20Da redação com Agência Brasil

O destino da Fundação Nacional do Índio (Funai) no futuro governo será decidido pela equipe do presidente eleito Jair Bolsonaro.A informação foi confirmada  nesta terça-feira (11), em Brasília, por Damares Alves, convidada para ser ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos a partir de 1º de janeiro.

De acordo com a Agência Brasil, no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB), onde se reúne a equipe de transição, Damares afirmou que o assunto está sendo tratado “com calma” e atenção. “Desde o início foi um ponto complexo e delicado. A gente quer um novo momento para os povos indígenas no Brasil”, disse.

Segundo ela, ainda não há nomes cotados para assumir a presidência da Funai e a escolha será feita por Bolsonaro e por ela.

“O índio vai ser tratado como um todo. Vamos dar atenção especial para a educação indígena”, garantiu.
 
Sobre a demarcação de terras, ela disse que há um trabalho e um estudo sendo desenvolvidos e evitou antecipar detalhes. Damares recebe novas lideranças indígenas ainda hoje, mas garantiu que serão conversas sobre os pontos em construção para o ministério.

Família

A respeito das medidas adotadas pelo futuro governo que contemplem o novo espectro da pasta – Famílias -, Damares explicou que as políticas estão sendo construídas e vão envolver ações de diversos ministérios.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Política
Vídeo - Frota leva bolo ao congresso para comemorar 1 ano do caso Queiroz
Política
CCJ do Senado discutirá prisão em segunda instância na terça-feira
Política
TJ-MS comemora 40 anos com homenagens nesta quarta
Política
Brasil e Paraguai deverão fechar acordo automotivo
Política
Simone diz que PEC que extingue municípios "não pode passar"
Política
Congresso mantém veto a propaganda partidária na TV e no rádio
Política
Empréstimo de R$ 96 milhões é aprovado por vereadores
O valor será destinado ao programa Pró-Transporte no município de Campo Grande
Política
Eduardo Cunha pede prisão domiciliar
Política
Grupo de trabalho da Assembleia de MS estuda reforma da Previdência
Política
Amamsul esclarece projeto de gratificação a magistrados

Mais Lidas

Geral
Pague Menos faz promoção enganosa e é pega pelo Procon-MS
Polícia
Mulher é espancada ao cobrar dívida de funcionária de salão de beleza
Geral
Pais procuram pela jovem Maisa que desapareceu no Los Angeles
Polícia
Vídeo: “Bunitinho” morre baleado em operação na favela