Menu
Busca segunda, 14 de outubro de 2019
(67) 99647-9098
Política

Destino da Funai será decidido por Bolsonaro diz futura ministra

Ela disse que o índio será tratado "como um todo"

11 dezembro 2018 - 11h20Da redação com Agência Brasil

O destino da Fundação Nacional do Índio (Funai) no futuro governo será decidido pela equipe do presidente eleito Jair Bolsonaro.A informação foi confirmada  nesta terça-feira (11), em Brasília, por Damares Alves, convidada para ser ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos a partir de 1º de janeiro.

De acordo com a Agência Brasil, no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB), onde se reúne a equipe de transição, Damares afirmou que o assunto está sendo tratado “com calma” e atenção. “Desde o início foi um ponto complexo e delicado. A gente quer um novo momento para os povos indígenas no Brasil”, disse.

Segundo ela, ainda não há nomes cotados para assumir a presidência da Funai e a escolha será feita por Bolsonaro e por ela.

“O índio vai ser tratado como um todo. Vamos dar atenção especial para a educação indígena”, garantiu.
 
Sobre a demarcação de terras, ela disse que há um trabalho e um estudo sendo desenvolvidos e evitou antecipar detalhes. Damares recebe novas lideranças indígenas ainda hoje, mas garantiu que serão conversas sobre os pontos em construção para o ministério.

Família

A respeito das medidas adotadas pelo futuro governo que contemplem o novo espectro da pasta – Famílias -, Damares explicou que as políticas estão sendo construídas e vão envolver ações de diversos ministérios.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Política
Vereador apresenta projeto voltado às crianças vegetarianas
Política
Bolsonaro destaca lançamento do Programa Novos Caminhos em outubro
Política
Bolsonaro quer retomar obras iniciadas em outros governos
Política
Assessor de Collor foi laranja em imóveis de R$ 6 mi
Informação consta em representação da PGR pela deflagração da Operação Arremate, que pôs a PF nas ruas em endereços ligados ao senador
Política
PF investiga se houve participação de Collor em lavagem de dinheiro
Política
União libera R$ 2,6 mi para Angélica viabilizados por Nelsinho Trad
Política
Reforma da Previdência vai para segundo turno no senado
Política
Carla deixa MDB e vai para o PSD
Política
Otávio Trad apresenta demandas da saúde pública em Brasília
Política
PLS exige laudo psicológico para soltura de agressores domésticos

Mais Lidas

Polícia
Jaime Valler estava na lista da milícia para morrer
Geral
Pai encontra filho morto, enforcado com fio de nylon
Polícia
Adolescentes são apreendidos por necrofilia com cadáver de idosa
Polícia
Bêbado, motorista atropela e mata garoto de 15 anos na capital