Menu
Busca terça, 25 de junho de 2019
(67) 99647-9098
Política

João César Mattogrosso permanece à frente do PSDB municipal

A votação que manteve o vereador na presidência do diretório municipal ocorreu no domingo (14)

15 abril 2019 - 10h50Rayani Santa Cruz

O vereador João César Mattogrosso que está a frente do Diretório Municipal do PSDB em Campo Grande, ficará mais dois anos como presidente. A decisão foi oficializada em votação dos tucanos na sede do partido neste domingo (14). O vereador deve alinhar com integrantes os próximos passos para definição das estratégias e planejamento para eleições municipais.

Em conversa com o JD1 Notícias, o parlamentar pontuou como positiva a atuação de dois anos, ele comentou que a casa foi organizada, e houve a regularização de dívidas. “Nós também unificamos a sede municipal com a estadual para diminuição de gastos, trazendo uma melhor organização e gestão”.

De acordo com João César, um dos objetivos é planejar e definir estratégias para eleições municipais que ocorrem o ano que vem. Ele salientou que a meta é manter mais parlamentares da sigla na Câmara Municipal, montando uma chapa forte, com nomes com potencial de chegar ao pleito, mantendo a maior bancada com um número cinco a sete vereadores.

O PSDB vai buscar nomes que estejam a disposição dentre os tucanos, e posteriormente abrirá  convites para colegas políticos de outros partidos e até mesmo mantendo diálogo para novas lideranças que queiram fazer parte e filiar-se. 

Em relação ao apoio a reeleição do prefeito Marquinhos Trad (PSD), João César Mattogrosso afirmou que o partido é grato ao gestor. “O Marquinhos Trad foi fundamental na reeleição  do nosso governador, e isso com certeza vai pesar muito na decisão do PSDB, a tendência é acompanhar o prefeito, mas não podemos cravar isso, com tanto tempo de antecedência”, ponderou.

Questionado sobre o futuro da presidência do diretório estadual, o parlamentar foi neutro e disse que as vontades são legítimas, e tanto a deputada federal Rose Modesto, quanto o colega também federal Beto Pereira, tem condições e competência para a gestão. No entanto, explicou que existe uma tradição do presidente assumir dois mandados em diretórios (seria o caso de Beto). Para ele, o partido que está em tratativas irá sentar e tomar uma decisão boa para o coletivo, não importando questões pessoais.

“Eu não acredito em disputa, é natural que um partido grande, tenha nomes em potencial para tocar. O que for melhor para o PSDB, com certeza será decidido de forma consensual”, finalizou o parlamentar.

Assembleia para todos - junho-19

Deixe seu Comentário

Leia Também

Política
Audiência debate entrada de animais em hospitais
Política
Morre o ex-deputado estadual Paulo Estevão
Política
Bolsonaro anuncia policial militar na Secretaria-Geral da Presidência
Política
"Abro mão da reeleição se Brasil passar por reforma política", diz Bolsonaro
Política
"Foi a forma", Simone justifica voto e diz que decreto “não poderia justificar porte de arma"
Política
Modelo processual brasileiro impõe parcimônia dos juízes, diz Moro
Política
Relatório da LDO é entregue à Mesa Diretora da Câmara
Política
Nelsinho Trad convoca reunião com Mandetta para tratar de recursos para saúde
Política
Moro fala sobre conversas vazadas com Dallagnol
Política
Câmara quer retomar gratuidade da bagagem

Mais Lidas

Brasil
Pai encontra corpo da filha desaparecida na casa do ex-namorado
Polícia
Pilar de concreto cai e mata criança deitada em rede
Polícia
Pai atira em filho por causa de cobrança de dívida e foge
Cidade
Supermercado Real é autuado pela venda de produtos vencidos