Menu
Busca terça, 14 de julho de 2020
(67) 99647-9098
Governo dengue 03 - tarde demais
Política

MS simplifica licença ambiental para usinas de energia solar

Serão beneficiadas as empresas que produzem até 5MW

24 março 2020 - 16h06Flávio Veras

O Governo de Mato Grosso do Sul publicou uma resolução nesta terça-feira (24) que simplifica o licenciamento ambiental de pequenos empreendimentos de geração distribuída de energia solar fotovoltaica no estado. Segundo a Semagro (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar), a media deve fomentar a instalação de mais usinas, possibilitando a ampliação do uso de energia limpa no Estado.

De acordo com a Resolução, para a instalação e funcionamento de usinas solares que fazem geração distribuída de energia e que ocupam até 15 hectares ou produzem até 5 MW de energia, será exigido apenas um “Informativo de Atividade”, procedimento simplificado para obtenção do licenciamento ambiental. A medida também abrange as usinas eólicas de mesmo porte de tamanho ou produção.

“A geração distribuída é a geração de energia feita em pontos diversos, através de sistemas geradores geralmente próximos ou até mesmo na própria unidade consumidora (casas, empresas e indústrias) admitindo-se em um único procedimento destinado a geração em condomínio ou geração compartilhada para atendimento a mais de um consumidor”, infirmou a Semagro.

A revisão das exigências para o licenciamento ambiental desses empreendimentos de pequeno porte foi discutida no início do mês de março, em reunião entre o secretário Jaime Verruck, da Semagro; o diretor de Licenciamento do Imasul, Osvaldo Santos, o superintendente de Meio Ambiente e Turismo da Secretaria, Pedro Mendes e o presidente do Instituto Movimento Solar Livre, Hewerton Martins, empresário e especialista em geração de energia fotovoltaica e regulamentação do setor.

“Estamos aprimorando o processo do licenciamento ambiental e permitindo uma melhoria no gerenciamento das informações sobre a geração de energia solar no Estado. Trata-se de empreendimentos que contribuem para aumentar o uso de energia limpa em nosso Estado. Como são considerados de baixo risco, se enquadram na Lei da Liberdade Econômica e fizemos a simplificação da obtenção da licença”, comentou o secretário Jaime Verruck.

Vacinne

Deixe seu Comentário

Leia Também

Política
Paulo Corrêa se recupera do coronavírus e retoma atividades na Assembleia
Política
PL exige formas alternativas de educação à alunos do ensino médio
Política
Hidroxicloroquina é tema de debate na Câmara
Política
Michelle Bolsonaro testa negativo para Covid-19
Política
Simone e Nelsinho avaliam como positiva escolha do novo ministro da Educação
Política
Movimento protesta contra Bolsonaro na Afonso Pena
Política
Alunos podem ter aferição de temperatura obrigatória na volta às aulas
Política
“Estou bem melhor”, diz Paulo Corrêa
Política
Na assembleia, Coronel David lamenta morte de PM
Política
Assembleia aprova estado de calamidade em Bodoquena, Bela Vista e Terenos

Mais Lidas

Internacional
Filha invade necrotério e descobre que pai vivo
Cidade
Marquinhos garante que não haverá lockdown em Campo Grande
Polícia
Suspeito de matar dona de restaurante é preso e já foi graçom da vítima
Política
Paulo Corrêa se recupera do coronavírus e retoma atividades na Assembleia