Menu
Busca quarta, 28 de julho de 2021
(67) 99647-9098
Senai - EAD_senai_tecnico
Política

Na CCJ, Simone quer subcomissões para agilizar reforma da Previdência

Em reunião com Alcolumbre, o MDB confirmou a senadora na presidência da comissão

12 fevereiro 2019 - 18h15Mauro Silva

Depois de uma reunião com os líderes do MDB, o presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), acertou nesta terça-feira (12), em Brasília, a nova composição da Casa. Na negociação, a senadora Simone Tebet (MDB-MS) foi confirmada para presidir a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ). Agora, os planos da nova presidente é criar subcomissões para acelerar projetos como a reforma da Previdência e pacote do Ministério da Justiça.

“A maioria aceitou de bom grado o meu nome para presidir a CCJ, que é a principal comissão da casa, pois por ela passa análise de todos os projetos relevantes no que se refere a legalidade perante a constitucionalidade. E também o mérito da emendas comissionais como é o caso da reforma da Previdência”, comemorou Simone.

“Então, a reforma da Previdência e o pacote do Ministério da Justiça, do ministro, Sérgio Moro, passarão por essa comissão. A comissão, para se ter uma idéia, é composta por 27 membros, muito grande e importante”, acrescentou.

De acordo com a nova presidente da CCJ, para agilizar os trabalhos diante de uma pauta tão extensa e importante para acelerar o crescimento do país, nada impede transformar a comissão em subcomissões. “Poderemos ter uma subcomissão na reforma da Previdência, caso o presidente do Senado ache interessante. O que pode acontecer também para assuntos da segurança pública, mas tudo ainda será discutido”, explicou.

Simone prevê que podem ser criadas quatro subcomissões em momentos importantes “como estamos vivendo este ano”.  

Distribuição

Conforme o UOL, em negociação com Alcolumbre, o MDB que tem o maior número de parlamentares, ficou com três comissões: a de Educação, a CMO (Comissão Mista de Orçamento), além da CCJ.

Vai di Vinho

Deixe seu Comentário

Leia Também

Educação
"Parar de contar mortos, e contar alunos voltando" dispara Riedel 
Política
Ciro Nogueira aceita convite de Bolsonaro e será o novo ministro da Casa Civil
Política
“Atrapalha, mas tem que aturar”, diz Bolsonaro sobre Mourão
Política
Reunião de senador com Bolsonaro é adiada por problema em avião
Política
Bolsonaro diz que menos pessoas morreriam se ele estivesse coordenando a pandemia
Política
Reinaldo e Marquinhos repassam recursos para habitação da Capital nesta segunda
Política
Eleições 2022: Bolsonaro diz que filiação ao PP é uma possibilidade
Política
Bolsonaro defende tratamento precoce e critica 'Protocolo Mandetta'
Política
Escola na área rural de Caracol passará por reforma pelo 'Governo Presente'
Política
Com receita de R$ 18,47 bilhões, governador sanciona LDO para 2022

Mais Lidas

Polícia
Homem enforca familiar após piada com derrota do São Paulo para o Flamengo
Polícia
Nem após cometer suicídio jovem escapa de assalto no Jardim Noroeste
Cidade
Foi selecionado? Prefeitura convoca aprovados em dois processos
Geral
Homem fuma maconha, escala montanha e cai de altura de 12 metros; veja vídeo