Menu
Busca quarta, 02 de dezembro de 2020
(67) 99647-9098
Sesi - Geração de Empregos 02
Política

Plano entregue por Coronel David a Bolsonaro prevê melhorias no DOF

O projeto foi feito para auxiliar no combate de crimes organizados nas regiões fronteiriças de MS

14 maio 2019 - 16h16Matheus Henrique, com informações da assessoria

O deputado estadual Coronel David (PSL), apresentou ao presidente Jair Bolsonaro, em abril, um plano para reestruturar o Departamento de Operações de Fronteira (DOF), para auxiliar no combate de crimes organizados nas regiões fronteiriças de Mato Grosso do Sul. O projeto prevê um investimento de R$ 31.800.650,00 ao DOF e propõe, além do aumento do efetivo, a compra de viaturas e armamentos.

No ano passado, o deputado levou o presidente Bolsonaro ao DOF, para conhecer a estrutura e verificar a importância da participação das forças federais. “Tive a oportunidade de levar Bolsonaro, em 2018, ao DOF para que conhecesse a estrutura e verificasse o quanto é dificultoso para os agentes de segurança pública manterem a segurança nas fronteiras sem a participação das forças federais. Sabemos que a defesa das fronteiras é responsabilidade da União, portanto, discutimos a participação do Exército, investimentos em tecnologia e melhor estrutura para ‘sufocar’ o crime organizado nas divisas de MS.”

Segundo o deputado, o presidente viu o que era necessário para investimento e foi convidado para voltar ao estado e fazer uma nova visita ao DOF. “O investimento demanda estudo, tem que ver fonte orçamentária, mas ele ficou de avaliar e, quando decidir, virá aqui para anunciar esse investimento”, concluiu.

O plano prevê a compra de 40 fuzis calibre 5.56; 50 fuzis calibre 7.62; 120 pistolas calibre .40; 20 espingardas calibre 12; 20 escudos balísticos; 150 coletes e 95 mil munições. Também está prevista a compra de binóculos, monóculos (luneta), GPS, rastreadores e fardamento completo. A construção de uma nova sede para o departamento também está no projeto, ao custo de R$ 6 milhões, além de R$ 214 mil para custeio de suprimentos, diárias e demais demandas administrativas. O projeto também prevê a contratação de 252 policiais, sendo cinco oficiais superiores, três intermediários e 136 praças, além da compra de 50 viaturas e um helicóptero.

Teia - Agronomia

Deixe seu Comentário

Leia Também

Política
Justiça homologa acordo e Contar e PSL selam paz
Política
Riedel, um gestor a caminho da política
Política
Presidente da CPI da Energisa lamenta bandeira vermelha: “Cliente nunca é favorecido”
Política
Sul-mato-grossense é primeira mulher eleita prefeita em cidade no interior de SP
Política
PT não tem prefeitos eleitos em capitais pela 1ª vez desde a redemocratização
Política
Ponta Grossa é a única cidade do Brasil a ter duas mulheres disputando o 2º turno
Política
Marquinhos anuncia 45 obras e prevê gastos de R$ 1,3 bilhão
Política
TRE-MS conquista pela primeira vez selo diamante do Conselho Nacional de Justiça
Política
Cinco cidades do Estado adquirem “Castramóvel”
Política
Bolsonaro estima que país possa encerrar 2020 com mais empregos do que em 2019

Mais Lidas

Internacional
Inglaterra inicia vacinação contra Covid-19 na próxima semana
Polícia
Soldado e motorista trafegavam em faixa exclusiva para ônibus
Geral
Vídeo: Jaime Verruk fala sobre relicitação da ferrovia Malha Oeste
Geral
AGORA: homem é baleado depois de deixar presídio, no Noroeste