Menu
Busca quinta, 13 de agosto de 2020
(67) 99647-9098
TJMS agosto/20
Política

População reclama de falta de cédula em eleição para conselheiro tutelar

"Falta de respeito", conforme eleitores

06 outubro 2019 - 15h40Vitória Ribeiro

A psicóloga, Tania Regina Cormelato, denunciou o que classifica como "falta de respeito" com o eleitor que foi exercer cidadania na eleição para conselheiro tutelar. Além de Tânia, outras pessoas também reclamaram de irregularidades. A eleição, ocorrida neste deomingo (06), contou com a falta de cédulas, espera que passava de 1h30 nas filas ecom isso, várias pessoas foram embora sem votar.

Poderia participar da eleição, quem tem tem mais de 16 anos e incrição correspondente às zonas eleitorais. Jornalistas também comentaram a questão.

"Deixo aqui o meu repúdio à instituição que está executando este processo democrático no país", conforme uma eleitora. Fora os problemas anteriormente citados, na lista de votação, faltava o nome de alguns conselheiros que estavam candidatados para o cargo.

Senar - agosto2020

Deixe seu Comentário

Leia Também

Política
Assembleia reconhece calamidade pública em Dois Irmãos do Buriti
Política
Bico seco: “Vai aliviar o fígado”, brinca Marquinhos
Política
Prefeitura republica decreto e antecipa “bico seco” para amanhã
Política
Decretado: “bico seco” começa a valer a partir de quinta na capital
Política
Marquinhos sanciona Lei que define serviços como atividades essenciais
Política
Capital: Câmara aprova prorrogação do Refis para setembro
Política
Assembleia aprova adicional a contratados do Sistema Penitenciário
Política
Vereadores da capital votam cinco Projetos nessa terça
Política
Coronel David solicita testes em massa à agentes da Segurança Pública
Política
Dourados tem nova troca de secretário de Saúde

Mais Lidas

Internacional
China detecta coronavírus em carne de frango importada do Brasil
Justiça
Servidor desviava materiais da Sefaz para vender
Geral
Vídeo - Cliente arranca cabelo e coloca em lanche para não pagar
Educação
Máscara gigante do governo do Amazonas vira piada na internet