Menu
Busca domingo, 20 de outubro de 2019
(67) 99647-9098
Governo vitimas
Política

Projeto da deputada Rose Modesto fará agressor ressarcir SUS

Medida foi publicada no Diário Oficial da União e agressor de mulher terá que ressarcir Estado por atendimento

18 setembro 2019 - 08h35Vitória Ribeiro

O Projeto de Lei 2438/2019 relatado pela deputada federal Rose Modesto (PSDB) em plenário no mês passado foi sancionado pelo presidente em exercício, Jair Bolsonaro, e publicado nesta quarta-feira (18)  no Diário Oficial da União.

A  Lei 13.871/201 obriga agressores domésticos ou familiares a ressarcirem o Estado pelas despesas com o atendimento das vítimas pelo SUS.

O texto do projeto altera a Lei Maria da Penha ao estabelecer o ressarcimento dos gastos com os serviços do Sistema Único de Saúde (SUS) e dos dispositivos de segurança às vítimas pelo agressor. A lei entra em vigor após 45 dias.

“É uma conquista muito importante para coibir a violência doméstica e familiar por fazer o agressor sentir no bolso o resultado do seu ato de forma mais rápida, já que não vai ser necessário esperar a condenação deste agressor”, destacou Rose Modesto.

O  projeto já tinha sido aprovado pela Câmara dos Deputados em dezembro de 2018, mas teve duas emendas incluídas durante a análise no Senado. Para os senadores, seria necessária a condenação judicial definitiva do agressor para que o pagamento fosse exigido.

O texto voltou à Câmara, quando a deputada federal Rose Modesto apresentou parecer contra estas duas emendas do Senado em 21 de agosto por considerar que “esperar a condenação do agressor resultaria em perda de eficácia da finalidade do projeto, que é coibir atos de violência contra a mulher”, destacou a parlamentar. Com isso, a lei sancionada não exige condenação do agressor e o ressarcimento pode ser pedido no âmbito civil.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Política
Bolívia: Evo tenta 4º mandato em disputa acirrada com Carlos Mesa
Política
Solidariedade faz convenção dia 26
Política
Coronel David solicita agilidade na pavimentação das ruas do Nova Campo Grande
Política
Universidades tem orçamentos descontingenciados
Política
Vereadores querem mais investimentos na infraestrutura da capital
Política
Joice perde a liderança do governo no Congresso para o MDB
Política
BR-262 receberá investimentos de R$ 22 mi do Ministério da Infraestrutura
Política
Grupo argentino investirá R$ 120 mi em porto de Murtinho
Política
Juiz entende que MPF adulterou diálogos de Temer e Joesley e absolve ex-presidente
Política
Senado aprova indicação de Carlos Ceglia para embaixada na Turquia

Mais Lidas

Geral
Violeiro Ivo de Souza morre em acidente na BR-163
Brasil
Três militares do Corpo de Bombeiros morreram enquanto tentavam combater incêndio
Esportes
Na capital, Muricy crava Flamengo como campeão do Brasileirão
Polícia
Comerciante é executado na fronteira