Menu
Menu
Busca quarta, 24 de julho de 2024
Secovi - Julho24
Política

"Próximo governo pegará um país melhor", diz Mansueto

Empresários passaram a ter mais confiança e estão investindo mais e cenário é mais favorável

25 dezembro 2018 - 17h00Da redação com Agência Brasil    atualizado em 25/12/2018 às 17h55

O secretário do Tesouro Nacional, Mansueto Almeida, disse que o próximo governo, que assume no dia 1º de janeiro, terá um cenário mais favorável do que em 2016, quando Michel Temer assumiu o comando do Brasil após o impeachment de Dilma Rousseff pelo Congresso Nacional. Em vídeo de balanço publicado segunda-feira (24) pelo Ministério da Fazenda, Mansueto lembrou que, há três anos, a taxa de juros estava acima de 14% ao ano e a inflação acumulada em 12 meses ultrapassava os 9%, e hoje a Selic é de 6,5% e a inflação está abaixo de 4%. Além disso, ressaltou, a economia do país estava em queda de 3,5%.

"O próximo governo começa numa situação muito melhor do que estava o Brasil há três anos atrás. O Brasil do início de 2019 é um país que está com a inflação abaixo de 4% [ao ano], com uma taxa de juros de 6,5%, com uma inflação esperada, para os próximos três anos, em torno de 4%, e uma economia que volta a crescer para uma recuperação que a gente chama de cíclica. Os empresários passaram a ter mais confiança e estão investindo mais", avaliou o secretário do Tesouro, que será mantido no cargo no governo de Jair Bolsonaro.

Mansueto disse que o momento atual também favorece o debate sobre reformas. Para ele, se o próximo governo conseguir aprovar mudanças na Previdência e no sistema tributário, o Brasil poderá ter um crescimento sustentável de pelo menos 3% ao ano.

"Se nós conseguirmos fazer todas essas reformas, a gente pode consolidar um cenário muito positivo de um país que vai voltar a crescer 3% ou mais ao ano, com taxa de juros baixa e inflação baixa e isso é melhora de vida e bem-estar pra todo mundo", disse.

Reportar Erro

Deixe seu Comentário

Leia Também

Convenção do Solidariedade
Política
Solidariedade confirma apoio a Beto Pereira
JD1 fará sabatina com candidatos à prefeitura da Capital
Política
JD1 fará sabatina com candidatos à prefeitura da Capital
Deputado Pedrossian Neto, presidente do PSD-CG
Política
Convenção do PSD deve homologar candidatura de 30 vereadores na Capital
Riedel vai representar estados em comissão no STF sobre marco temporal
Política
Riedel vai representar estados em comissão no STF sobre marco temporal
Governadoria
Política
Riedel sanciona LDO para 2025 com receita estimada de R$ 26,4 bilhões
Coronel David quer acordo para fim dos conflitos e invasões de terra em MS
Política
Coronel David quer acordo para fim dos conflitos e invasões de terra em MS
Foto: Divulgação
Política
Gerson diz que eleição não afetará calendário da Assembleia Legislativa
Urna eletrônica
Política
Eleições 2024: Entenda o processo de escolha e registro de candidatos
Candidatos e partidos devem declarar recursos de campanha em até 72 horas, diz TSE
Justiça
Candidatos e partidos devem declarar recursos de campanha em até 72 horas, diz TSE
Adriane Lopes e Tereza Cristina durante lançamento de pré-candidatura
Política
"Não tenho medo dos poderosos", diz Adriane no lançamento da pré-candidatura

Mais Lidas

Cabo da PMMS é condenado por realizar "bicos" durante licença médica
Justiça
Cabo da PMMS é condenado por realizar "bicos" durante licença médica
Escola Sesi oferta 104 vagas de gratuidade integral na educação básica
Educação
Escola Sesi oferta 104 vagas de gratuidade integral na educação básica
Lulu Oliveira
Comportamento
Aos 41 anos, Lulu Oliveira representará MS no Miss Universo Brasil 2024
Sala de atendimento da DEPCA
Polícia
Adolescente é esfaqueado pela mãe e fica com as vísceras expostas na Capital