Menu
Busca segunda, 24 de junho de 2019
(67) 99647-9098
Política

"Reforma não necessariamente será aprovada da maneira como chegou", diz Simone

Simone Tebet afirmou, em entrevista à CBN, que reconhece a necessidade da reforma da Previdência, mas alguns pontos devem ser revistos

25 fevereiro 2019 - 08h35Da redação com CBN

A senadora Simone Tebet, presidente da Comissão de Constituição e Justiça da Casa, afirmou em entrevista CBN que a proposta de reforma previdenciária apresentada pelo presidente Jair Bolsonaro na semana passada tem o mérito de atacar classes privilegiadas, como a política. Ela disse, no entanto, que o texto não necessariamente será aprovado como veio. "Nossa preocupação é que ela seja profunda, mas não seja profana", disse. Na avaliação da senadora, a proposta foi bem aceita e é profunda em razão da necessidade que representa para o país. 

Questionada sobre quais pontos ela acredita que o Congresso Nacional pode alterar, ela citou as mudanças no benefício de prestação continuada, que, de acordo com o texto apresentado, prevê que idosos que não tenham meios de se sustentar recebam R$ 400 a partir dos 60 anos e só aos 70 anos passam a receber um salário mínimo. Além disso, ela afirmou que particularmente tem a preocupação com a diferença de apenas três anos para homens e mulheres se aposentarem. “Qual o impacto financeiro disso? Porque as mulheres, embora vivam mais, têm mais dificuldade de entrar no mercado de trabalho e tem o emprego interrompido mais vezes”, avaliou.

De acordo com a presidente da CCJ, todas essas questões "serão amplamente debatidas e levarão em conta a injustiça versus a economia ou o custo de uma alteração no Congresso Nacional". Simone Tebet também avaliou que a reforma dos militares, embora não tenha sido entregue ao mesmo tempo que a Reforma da Previdência, poderá tramitar em conjunto e as duas podem ser aprovadas ao mesmo tempo.

Assembleia para todos - junho-19

Deixe seu Comentário

Leia Também

Política
Bolsonaro anuncia policial militar na Secretaria-Geral da Presidência
Política
"Abro mão da reeleição se Brasil passar por reforma política", diz Bolsonaro
Política
"Foi a forma", Simone justifica voto e diz que decreto “não poderia justificar porte de arma"
Política
Modelo processual brasileiro impõe parcimônia dos juízes, diz Moro
Política
Relatório da LDO é entregue à Mesa Diretora da Câmara
Política
Nelsinho Trad convoca reunião com Mandetta para tratar de recursos para saúde
Política
Moro fala sobre conversas vazadas com Dallagnol
Política
Câmara quer retomar gratuidade da bagagem
Política
No Parlasul, Nelsinho defende Rota Bioceânica
Política
Valdir Gomes pode concorrer a prefeitura pelo PP em 2020

Mais Lidas

Polícia
Vídeo- Ao voltar de festa junina, jovens morrem em acidente de moto
Polícia
Ex-namorado mata mulher a golpes de canivete
Polícia
Homem é assassinado em festa
Brasil
Bolsa Família: frequência escolar deve ser enviada até quinta-feira