Menu
Busca terça, 28 de janeiro de 2020
(67) 99647-9098
Perkal Topo - janeiro-20
Política

Simone defende reformas com justiça social

Conforme a senadora, tanto a reforma da previdência ou tributária vai resolver o déficit no país

20 agosto 2019 - 17h38Mauro Silva, com informações da assessoria

A senadora, Simone Tebet (MDB-MS) e presidente da Comissão de Constituição Justiça e Cidadani (CCJ), durante discurso no Plenário do Senado declarou, nesta terça-feira (20), ser favorável as reformas previdenciárias e tributárias.

Para ela, a reforma Tributária e da Previdência são complementares. “Seja a reforma da previdência, seja a reforma da tributária, elas mexem com a vida dos 210 milhões de brasileiros e daqueles que irão nascer. Consequentemente, é possível tratar concomitantemente. É possível e é desejável, porque uma complementa a outra. Elas têm pontos em comum e são complementares”, disse.

Em seu discurso, Simone explicou que a reforma da Previdência “é um olhar para dentro da máquina pública, para o déficit previdenciário e fiscal, pensando em números, mas não esquecendo das pessoas, dos trabalhadores, daqueles que estão para se aposentar”, afirmou ao dizer que a reforma da previdência não será, sozinha, a “salvadora da Pátria”.

“Seja qual for a reforma da previdência que apresentemos à sociedade, ela vai resolver o déficit fiscal e previdenciário, que corrói o dinheiro dos impostos que nós pagamos, que eram para ser destinados para saúde, para educação, para segurança pública, para obras de infraestrutura, que são todos os anos alocados para cobrirmos um rombo. Mas, a reforma da previdência não consegue solucionar o problema do desemprego. Por isso, concomitantemente, estamos tratando, sim, da reforma tributária”. Para Simone, o sistema de cobrança de impostos é injusto”.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Política
Nelsinho define estratégias para lançar “nomes competitivos” na capital e interior
Política
Fábio critica corte de verbas na fronteira e cobra vinda de Moro a MS
Política
Bolsonaro desponta em pesquisa e fica 12% a frente de Lula
Política
Nelsinho tenta liberar R$ 600 mi em financiamento para MS
Política
Coronel David classifica como grave a situação na fronteira
Política
Ministério Público denuncia Glenn Greenwald por ligação com hackers
Política
Prazo para regularização do título termina em maio
Política
Bolsonaro sanciona LOA de 2020
Política
Bolsonaro anuncia aumento de 12% no salário do professor do ensino básico
Política
Após declarações nazistas, Bolsonaro exonera Roberto Alvim

Mais Lidas

Turismo
MS tem o Melhor Destino de Ecoturismo do Brasil
Geral
Curso de formação para aprovados em concurso PM/BM começa em 2 de março
Polícia
Homem e sobrinha de 7 anos são sequestrados e deixados amarrados em mata
Polícia
"Morri, porque matei inocentes", dizia bilhete encontrado com jovem executado