Menu
Busca quinta, 17 de outubro de 2019
(67) 99647-9098
Política

Simone Tebet confirma presença de Moro na CCJ

O ministro vai esclarecer à comissão sobre o vazamento de suas conversas com procuradores da Lava Jato

17 junho 2019 - 14h35Mauro Silva, com informações da assessoria

O ministro da Justiça Sérgio Moro confirmou presença na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) para esclarecer sobre o vazamento de suas conversas com procuradores da Lava Jato quando ele era juiz. Conforme a presidente da comissão a senadora Simone Tebet (MDB-MS), é preciso separar os fatos com isenção.

Em entrevista à Rádio Senado, Simone disse ser difícil antecipar o desenrolar da audiência. "Não sabemos se vão surgir fatos novos de hoje para amanhã, então, fica difícil fazer avaliação preliminar de como será a reunião", disse ao afirmar que ela fará cumprir o regimento interno do Senado para que a discussão na CCJ seja de alto nível e respeitosa.

Para Simone, foi louvável a decisão do Ministro da Justiça, Sérgio Moro, de se dispor a ir rapidamente ao Senado para esclarecer os fatos. "Foi um sinal de boa vontade na relação  institucional saudável  entre Senado e Executivo. Ele me pareceu tranquilo, talvez por isso tenha se antecipado", afirmou Simone Tebet, ressaltando que o Senado tem o dever institucional de fiscalizar atos do Executivo e buscar a verdade.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Política
Juiz entende que MPF adulterou diálogos de Temer e Joesley e absolve ex-presidente
Política
Senado aprova indicação de Carlos Ceglia para embaixada na Turquia
Política
MS define áreas que receberão as emendas de 2020 que totalizam R$ 247,6 mi
Política
Sem André, MDB deve minguar em 2020
Política
Marquinhos busca em Brasília recursos para investir em saúde e infraestrutura
Política
Vereador apresenta projeto voltado às crianças vegetarianas
Política
Bolsonaro destaca lançamento do Programa Novos Caminhos em outubro
Política
Bolsonaro quer retomar obras iniciadas em outros governos
Política
Assessor de Collor foi laranja em imóveis de R$ 6 mi
Informação consta em representação da PGR pela deflagração da Operação Arremate, que pôs a PF nas ruas em endereços ligados ao senador
Política
PF investiga se houve participação de Collor em lavagem de dinheiro

Mais Lidas

Geral
Vídeo - Léo Santana é barrado na Smart Fit da capital
Política
Sem André, MDB deve minguar em 2020
Polícia
Cansada de agressões, mulher mata e arranca o pênis do marido
Polícia
Homem comete triplo homicídio porque teriam zombado da "coragem" dele