Menu
Busca quinta, 21 de janeiro de 2021
(67) 99647-9098
Governo Futebol
Política

Vídeo: Abatido, Delcídio faz relato e volta ser internado

Ex-ministro anunciou que voltaria ao hospital pelas redes sociais, devido piora em seu quadro clínico

28 julho 2020 - 14h38Flávio Veras

O ex-ministro Delcídio do Amaral, de 65 anos, voltou a ser internado nesta terça-feira (28), após apresentar piora no quadro clínico de Covid-19 e dengue, o que ele mesmo denominou de “covengue”. Antes da internação e abatido, o ex-ministro deu uma entrevista à TV Morena, afiliada da Rede Globo no estado, onde afirmou “estar se sentindo um farrapo humano”.

O ex-ministro deu entrada pela manhã de hoje no Hospital da Cassems de Campo Grande. Pouco antes, ele também fez o anúncio da piora do seu quadro de saúde em suas redes sociais. “O "ioiô" dos sintomas resolveu ficar parado de ontem pra hoje e não melhorei. Essa noite tive mais febre e acredito que estou desidratando. Não adianta teimar! Estou voltando pro hospital”, diz Delcídio na publicação.

Delcídio foi diagnosticado com a infecção pelo novo coronavírus no dia 14 de julho, após fazer um teste do tipo RT-PCR, em um laboratório.

Relato

Em entrevista à TV Morena o ex-senador da República, de 65 anos, resume o que tem passado com as duas doenças. "A gente se sente um farrapo humano".

Ele disse que se surpreendeu com a piora no estado de saúde. Um dia após a internação, descobriu que também estava com dengue, quando fez um trocadilho dizendo que estava com “covengue”.

Aparentemente mais magro, abatido e cansado, ele comentou como está se sentido. "Tenho medicação que me foi passada que eu estou seguindo à risca e fazendo um processo de hidratação muito forte, especialmente por causa da dengue. Estou particularmente muito cansado ainda. Não sei é a mistura da dengue com covid, ou agora mais dengue do que covid, mas são doenças que humilham a gente. A gente vira um farrapo humano. Você tem as forças completamente abaladas. Você se sente um fraco e impotente. É uma coisa assim, inacreditável. Doenças gravíssimas. A gente precisa ficar muito atento".

Deixe seu Comentário

Leia Também

Política
Com Covid-19, Murilo assume governo na segunda e vai despachar de casa
Política
Em eleição restrita a prefeitos, Assomasul elege nova diretoria nesta sexta
Política
Homem de preto executa jovem com tiros nas costas, cabeça e nuca no Tijuca
Política
Covid-19: PGR diz que cabe ao Legislativo apurar responsabilidades
Política
Bolsonaro destaca papel da Aeronáutica na comemoração de seus 80 anos
Política
Impeachment de Bolsonaro tem 110 deputados a favor, aponta levantamento
Política
Tebet revela sua estratégia para conquistar mais votos no Senado
Política
Bolsonaro fala sobre aprovação do uso emergencial da Coronavac
Política
“Tem vacina contratada para 70% da população até o fim do ano”, diz Mourão
Política
Baleia Rossi vem a Campo Grande buscar apoio

Mais Lidas

Polícia
Jacaré é capturado dando 'rolê' em cidade de MS
Internacional
Estados Unidos inicia vacinação contra a Covid-19 em Nova York
Polícia
Morador de rua tenta matar desafeto a pauladas no interior do Estado
Polícia
Briga por capacete acaba em tentativa de homicídio