Menu
Busca sexta, 14 de agosto de 2020
(67) 99647-9098
TJMS agosto/20
Saúde

Cai em 57% número de casos de dengue na capital

Redução representa a comparação do primeiro semestre de 2020 em relação à 2019

07 julho 2020 - 12h54Sarah Chaves, com informações da assessoria

Os casos notificados de dengue em Campo Grande teve uma redução de 57% nos seis primeiros meses de 2020, em comparação com o mesmo período do ano passado de acordo com o Serviço de Vigilância Epidemiológica da Secretaria Municipal de Saúde (Sesau).

Com a redução, a diferença de casos entre o primeiro semestre de 2019 para o de 2020 é de mais de 21 mil casos.

Conforme o levantamento, de 1° de janeiro até o dia 30 de junho deste ano, foram notificados 15.996 casos de dengue no município, sendo 10.371 confirmados. Já no mesmo período do ano passado, foram 37.802 notificações e 19.485 casos confirmados, o que representa uma redução de 57%, ou o equivalente a 21.806 casos. O número de óbitos também caiu de 8 para 7.

Até o fim de junho do ano passado, o município registrou 390 casos de zika e 199 de chikungunya. Já no mesmo período deste ano, foram 102 casos de zika e 82 de chikungunya.

O boletim completo pode ser acessado através deste link.

Para reduzir o número de casos, a Prefeitura de Campo Grande desencadeou a operação “Mosquito Zero”, envolvendo todos os órgãos municipais e com apoio da sociedade cívil organizada e instituições públicas e privadas após em fevereiro deste ano ser declarado situação de emergência na cidade frente ao aumento no número de casos de dengue.

A ação foi realizada nos sete distritos de Campo Grande, tendo vistoriado mais de 50 mil imóveis, eliminado 37 mil depósitos e 1,6 mil focos do mosquito Aedes aegypti. Mais de 2 mil imóveis abandonados também foram inspecionados com auxílio de um chaveiro e 10 mil quarteirões de diversos bairros receberam o fumacê como complemento às atividades de campo.

As atividades de campo precisaram ser reduzidas a partir de março em razão da pandemia do coronavírus, porém o trabalho continou sendo executado em pontos considerados críticos. O uso do fumacê também foi retomado e ao menos oito bairros estão recebendo o serviço diariamente.

Senar - agosto2020

Deixe seu Comentário

Leia Também

Saúde
Campo Grande melhora avaliação na pandemia
Saúde
Em MS, mais 21 pessoas morrem de coronavírus e 875 são infectadas
Saúde
"Nosso estoque é zero", diz ministro da Saúde sobre hidróxicloroquina
Saúde
Prefeito de Ponta Porã, Hélio Peluffo e dois filhos estão com coronavírus
Saúde
MS rompe mil casos de coronavírus em 24 horas
Saúde
AO VIVO - Estado atualiza casos de coronavírus
Saúde
Dengue: MS tem três meses sem mortes, mas é o 2º no Brasil em incidência
Saúde
Aniversário de Campo Grande pode ser complicado, alerta secretária
Saúde
Santa Casa publica novas normas para acompanhantes de pacientes internados
Saúde
Fiéis oram em frente a Hospital por pastor enfermeiro com coronavírus

Mais Lidas

Geral
Rotary Club Cidade dos Ipês promove a 1ª Feijoada em sistema drive thru
Saúde
Campo Grande melhora avaliação na pandemia
Geral
Campanha arrecada as primeiras 1 mil bolsas de sangue na capital
Política
“Muita Tristeza, parece que caiu uma bomba atômica”, diz Nelsinho no Líbano