Menu
Busca quarta, 15 de julho de 2020
(67) 99647-9098
TJMS julho20
Saúde

Com morte e 86 novas confirmações, MS registra 1.186 casos de coronavírus

404 pessoas já se recuperaram da doença e 59 estão internadas

27 maio 2020 - 11h05Gabriel Neves

A Secretaria de Estado de Saúde atualizou os casos de coronavírus nesta quarta-feira (26), e Mato Grosso do Sul registra 1.186 casos confirmados de coronavírus e 18 mortes, uma divulgada ontem (25).

O boletim epidemiológico de secretaria revela que foram registrados 86 casos nas últimas 24 horas. Entre os 1.186 pacientes confirmados, 705 estão em isolamento domiciliar, 59 estão internados e 18 faleceram, 404 pessoas já se recuperaram da doença.

De acordo com a secretária-adjunta de Saúde, Christine Maymone, MS registra 8.983 notificações, 220 amostras em análise, 648 casos sem encerramento, 6.929 casos descartados.

Campo Grande ainda é a cidade com maior número de casos, contabilizando 262, seguida por Guia Lopes da Laguna com 204, Dourados com 197, Três Lagoas com 130, e Fátima do Sul com 53 casos.

Vacinne

Deixe seu Comentário

Leia Também

Saúde
MP solicita inspeção em frigoríficos no interior
Saúde
Justiça derruba liminar que obriga convênios a cobrirem o teste da Covid-19
Saúde
Primeira no mundo? Rússia está concluindo vacina contra o coronavírus
Saúde
Capital tem cinco novas mortes e MS registra 177 por coronavírus
Saúde
“Só vejo acúmulo de óbitos”, diz Mandetta sobre militares na Saúde
Saúde
Rudel, do Detran, está com coronavírus
Saúde
Mistério no mar: mesmo isolados, 57 marinheiros pegaram coronavírus
Saúde
AO VIVO – Estado atualiza casos de coronavírus
Saúde
Saiba onde terá pediatra ou clínico geral atendendo nesta terça
Saúde
Voluntários podem fazer inscrições para teste de vacina contra Covid-19

Mais Lidas

Polícia
“Encontraram o monstro”, diz primo de Carla sobre assassino
Polícia
Ex-patroa é denunciada por abandono de incapaz que resultou em morte
Saúde
MP solicita inspeção em frigoríficos no interior
Polícia
Comerciante foi morta porque reconheceu voz de ex-funcionário, diz investigação