Menu
Menu
Busca quarta, 24 de julho de 2024
Secovi - Julho24
Saúde

Janeiro fecha com mais de mil notificações de dengue na capital

O número é maior em relação ao mesmo período do ano passado

30 janeiro 2019 - 15h58Joilson Francelino, com informações da assessoria    atualizado em 30/01/2019 às 16h35

O mês de janeiro termina com alto índice de notificações da dengue se comparado ao mesmo período do ano passado. Até o dia 25, quando houve a última atualização dos dados epidemiológicos da Coordenadoria de Controle de Endemias Vetoriais (CCEV), da Secretaria Municipal de Saúde (Sesau), foram 1.044 notificações da doença.

O levantamento mostra que os casos já ultrapassaram o índice do mesmo período de 2018, quando, no mês de janeiro, foram notificados 451 casos da dengue.

Áreas de risco

Segundo o levantamento atual, 14 áreas estão em estado de risco, 47 em alerta e apenas seis aparecem com índices considerados satisfatórios – abaixo ou igual a 1% de infestação.  A área considerada mais crítica é da UBSF Alves Pereira, seguida da UBS Universitário, UBSF Vida Nova, Cruzeiro/Autonomista, UBS Dona Neta, UBSF Cidade Morena, UBS Jockey Clube e Centro.

O secretário municipal de Saúde, Marcelo Vilela, ressalta que o aumento nos índices já era esperado por conta do período mais chuvoso e por isso é necessário que haja uma conscientização e engajamento ainda maior da população, uma vez que 80% dos focos são encontrados dentro das residências.

Força-tarefa na área mais crítica

Desde a última terça-feira (29), mais de 30 agentes comunitários de saúde e de combate a endemias estão mobilizados para vistoriar 100% dos imóveis na região da UBSF Alves Pereira. Segundo a supervisora técnica do CCEV, Josiane Abregos, a ação irá abranger 5.078 imóveis dos bairros  Colibri, Alves Pereira, Naschiville, Vila Antunes e adjacentes. O trabalho deve se estender durante toda a semana e os agentes serão divididos em equipes que irão percorrer as áreas divididas por quarteirão.

Os imóveis que eventualmente estiverem fechados com ausência momentânea do morador deverão ser visitados em um segundo momento em data ainda a ser definida.

Reportar Erro

Deixe seu Comentário

Leia Também

Teste Covid-19
Saúde
Covid-19 em MS: após mais de um mês sem mortes, MS registra duas novas vítimas
Divulgação/ HRMS
Saúde
Hospital Regional terá 'Dia D' para cadastro de doadores de medula óssea
Pronto Atendimento Infantil está no Centro Regional de Saúde, localizado no Bairro Tiradentes
Saúde
Pronto Atendimento Infantil no Tiradentes tem atendido 100 crianças por dia
Ministério da Saúde
Saúde
Ministério da Saúde retoma obras em Mato Grosso do Sul
Ilustrativa
Cidade
Prefeitura de Campo Grande oferece R$ 250 mil para programa de castração de animais
O participante deve, obrigatoriamente, portar jaleco
Saúde
Prova do 'Revalida' para médicos ocorre neste fim de semana
Vacina contra a covid
Saúde
Shopping e mercado: veja onde se vacinar neste sábado na Capital
Hospital Regional de Mato Grosso do Sul
Saúde
Funsau convoca mais 20 enfermeiros para o Hospital Regional
Capital tem plantão de vacinação em shoppings no fim de semana
Saúde
Capital tem plantão de vacinação em shoppings no fim de semana
Teste de Covid-19
Saúde
Covid-19 em MS: sem mortes pela quarta semana, Estado tem queda nos casos

Mais Lidas

Cabo da PMMS é condenado por realizar "bicos" durante licença médica
Justiça
Cabo da PMMS é condenado por realizar "bicos" durante licença médica
Escola Sesi oferta 104 vagas de gratuidade integral na educação básica
Educação
Escola Sesi oferta 104 vagas de gratuidade integral na educação básica
Lulu Oliveira
Comportamento
Aos 41 anos, Lulu Oliveira representará MS no Miss Universo Brasil 2024
Sala de atendimento da DEPCA
Polícia
Adolescente é esfaqueado pela mãe e fica com as vísceras expostas na Capital