Menu
Busca sábado, 23 de março de 2019
(67) 99647-9098
TJMS março-19
Saúde

Saiba como manter a alimentação após os 40 anos

Dieta deve ser encarada como um estilo de vida, afirma nutricionista

27 janeiro 2019 - 16h09Da redação com assessoria

Com o passar dos anos a atividade do metabolismo tende a diminuir, fazendo com que o corpo gaste menos energia e demore mais para eliminar sua gordura. Ainda que seja um processo natural, é possível criar hábitos que equilibrem esse cenário e até reverta essa situação.

Existem dietas adequadas para cada tipo de organismo que facilitam uma boa reeducação alimentar. Mas a nutricionista Sabina Donadelli ressalta que não há uma específica para cada idade. "Quanto mais jovem, com mais facilidade se perde peso porque o organismo assimila com mais rapidez a mudança. Mas no geral, independentemente de idade, optar por uma alimentação saudável vai privilegiar o tipo de cada pessoa", afirma.

Para ela a dieta deve ser encarada como uma escolha pessoal a ser levada a sério. "Antes de mais nada, é preciso pensar no tipo de alimentação que uma pessoa adota dentro do seu estilo de vida e estar em paz e satisfeito com as suas decisões neste sentido. Tudo é questão de adaptação e o primeiro passo começa na cabeça, em decisão pessoal e de amor próprio", ressalta Donadelli.

Assim como em outros âmbitos da vida, a dieta é um entendimento que se dá a partir de tentativas, erros e acertos. Os métodos não devem ser encarados como poções mágicas, e qualquer dieta deve ter como princípio base o cuidado e respeito com o corpo.

"Acredito que a consciência vem acompanhada de informação. Se eu sei que um alimento com menor corante, conservante, um alimento embalado é menos saudável do que um alimento preparado com alimentos frescos, essa será a minha opção.", afirma a nutricionista.

No geral, para saber se algum alimento é bom ou não para ser consumido, busque produtos de origens naturais. "Em princípio, tudo o que é natural é melhor do que vem embalado. Uma dica que alguns profissionais dão é contar o número de ingredientes que tem no produto, se houver mais de 10 itens na composição, provavelmente não se trata de algo saudável", finaliza.

Sesc Novo

Deixe seu Comentário

Leia Também

Saúde
Homens entre 25 e 40 anos são público-alvo de campanha sobre tuberculose
Saúde
Mutirão de limpeza acontece no fim de semana
Saúde
Durante o dia, uma UPA tem atendimento completo na capital
Saúde
Fumacê percorre 12 bairros nesta quinta-feira
Saúde
Aumentam casos de dengue e gastroenterite nos Prontos Atendimentos
Saúde
Confira a escala médica desta quarta-feira
Saúde
Investimentos na saúde já passam dos R$ 125 milhões, em 2019
Saúde
Escala médica mostra três UPAs com atendimento clínico e pediátrico
Saúde
Após “falta” de pediatra em UPA, Sesau quer deixar médicos de sobreaviso
Saúde
Fumacê percorre 14 bairros nesta segunda-feira

Mais Lidas

Oportunidade
JBS tem 30 vagas em Campo Grande
Polícia
Adolescentes desaparecidas são encontradas em SP
Geral
Trabalhadores protestam contra reforma da Previdência
Opinião
Contemporaneidade ou pré-julgamento?