Menu
Busca quarta, 30 de setembro de 2020
(67) 99647-9098
Saúde

UPAs atendem com 55 pediatras nesta terça-feira

O atendimento para adultos estará disponível em todas as dez unidades durante todo o dia

04 dezembro 2018 - 07h59Eveline Marques

Duas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) oferecem atendimento infantil, na manhã desta terça-feira (4), de acordo com a escala médica, divulgada pela Secretaria Municipal de Saúde Pública (Sesau). Serão nove médicos pediatras distribuídos entre as UPAs Coronel Antonino e Vila Almeida. 

No período da tarde, o atendimento pediátrico nas UPAs Coronel Antonino,Universitário e Vila Almeida com 16 médicos.

No período noturno, segundo a escala, dos dez centros de saúde da cidade, três unidades não terão atendimento pediátrico. São elas: Santa Mônica, Aero Rancho e Coophavilla II. Nas demais, serão 30 médicos distribuídos entre as unidades. 

Já o atendimento para adultos estará disponível em todas as dez unidades durante todo o dia.

Confira a escala:

Terra Benta

Deixe seu Comentário

Leia Também

Saúde
Polo de atendimento contra a covid no Parque Ayrton Senna é fechado
Saúde
Idosa diagnosticada com covid-19 tem parada cardiorrespiratória e morre no Nova Lima
Saúde
MS passa dos 1.300 óbitos por coronavírus
Saúde
Confira a escala de atendimento infantil nas UPAs e CRSs nesta quarta
Saúde
Preocupados com a proximidade do feriado, SES alerta que a Covid não está controlada
Saúde
MS registra mais 638 casos e 15 mortes pelo coronavírus
Saúde
Veja a escala de médicos e pediatras nas unidades de saúde nesta terça
Saúde
“Rastrear” é aposta para barrar o avanço do coronavírus em MS
Saúde
Campo Grande passa dos 30 mil casos de coronavírus
Saúde
MS já tem 1.263 óbitos por coronavírus, mas já chega a quase 60 mil curados

Mais Lidas

Cidade
Vídeo - Famílias perdem tudo em incêndio Noroeste; saiba como ajudar
Cidade
Ação une irmãs do MT e MS em prol de animais do Pantanal
Justiça
Acusado de matar a tia com 24 facadas é condenado a 8 anos de prisão
Polícia
PMA autua pecuarista em R$ 10 mil por animais silvestres em cativeiro