Menu
Busca quinta, 09 de julho de 2020
(67) 99647-9098
TJMS julho20
Saúde

Vacina chinesa para Covid-19 se mostra promissora em humanos

Imunização é desenvolvida pela estatal Grupo Nacional Biotec da China e foi aplicada em mais de 1,1 mil voluntários saudáveis

28 junho 2020 - 14h25Flávio Veras, com informações do G1

O Grupo Nacional Biotec da China (CNBG), que desenvolve uma das candidatas chinesas à vacina contra o coronavírus, disse neste domingo (28), que os primeiros resultados dos ensaios clínicos sugerem que a imunização seja segura e eficaz.

As doses experimentais, produzidas por uma unidade da estatal em Pequim, induziu a criação de anticorpos "de alto nível" em todos os participantes inoculados em um ensaio clínico de Fase 1 e 2 com mais de 1,1 mil voluntários.

Segundo a agência Reuters, a farmacêutica fez o anúncio na rede social chinesa WeChat, e citou a produção de um estudo que não foi divulgado.

Pesquisadores da China avaliam oito candidatos a vacinas, já na fase de testes em humanos, tanto no país asiático como no exterior. Na semana passada, o Instituto Butantan e o governo de São Paulo anunciaram uma parceria para testar outra candidata chinesa na corrida para uma imunização.

Etapas para a produção
Para chegar a uma vacina efetiva, os pesquisadores precisam percorrer diversas etapas para testar segurança e resposta imune. Primeiro há uma fase exploratória, com pesquisa e identificação de moléculas promissoras (antígenos).

O segundo momento é de fase pré-clínica, em que ocorre a validação da vacina em organismos vivos, usando animais (ratos, por exemplo).

Só então é chegada à fase clínica, em humanos, dividida em três momentos:

Fase 1: avaliação preliminar com poucos voluntários adultos monitorados de perto;
Fase 2: testes em centenas de participantes que indicam informações sobre doses e horários que serão usados na fase 3. Pacientes são escolhidos de forma randomizada (aleatória) e são bem controlados;
Fase 3: ensaio em larga escala (com milhares de indivíduos) que precisa fornecer uma avaliação definitiva da eficácia/segurança e prever eventos adversos; só então há um registro sanitário

PMCG Refis

Deixe seu Comentário

Leia Também

Saúde
Prefeitura garante R$ 9,5 milhões para a Santa Casa
Saúde
MS perde mais um médico para o coronavírus
Saúde
Perto da lotação, Campo Grande já possui 87% dos leitos de UTIs ocupados
Saúde
Coronavírus: MS já tem 11.671 confirmações da doença e mais da metade estão recuperados
Saúde
Procon-CG encontra teste de coronavírus de R$ 139,90 a R$ 360
Saúde
Após vencer a morte, Felipe precisa de doação para tratamento de tumor
Saúde
Hospital de Câncer recebe 18 leitos de UTI nesta quinta-feira
Saúde
AO VIVO: Evolução do coronavírus em MS
Saúde
Quinta conta com 16 pediatras atendendo pela manhã na capital
Saúde
Usar máscara em academias não prejudica saúde, dizem especialistas

Mais Lidas

Geral
AO VIVO - V12 e DJ Marcelo Natureza tocam as mais pedidas pelo público
Saúde
Prefeitura garante R$ 9,5 milhões para a Santa Casa
Política
“Estou bem melhor”, diz Paulo Corrêa
Esportes
Live: Rodeio sem público começa nesta quinta em Chapadão do Sul