Menu
Busca quinta, 13 de maio de 2021
(67) 99647-9098
TJMS - maio21
Tecnologia

Pentágono pede aos funcionários que parem de acessar pornografia no trabalho

05 agosto 2012 - 08h05Reprodução

Parece que o pessoal da Agência de Defesa contra Mísseis do Pentágono não anda tendo muito trabalho. Pelo menos não com algo relacionado a mísseis.

Segundo informações da Bloomberg, o diretor-executivo da Agência, John James Jr., teve que mandar um memorando para seus funcionários na semana passada pedindo para que eles parassem de usar os computadores do governo americano para navegar por sites pornográficos.

O documento dizia que, nos últimos meses, os empregados do governo e prestadores de serviços estavam se "engajando no uso inadequado da rede".

"Especificamente, houve casos de funcionários e consultores acessando websites – ou transmitindo mensagens – contendo imagens pornográficas ou sexualmente explícitas. Estas ações, além de antiprofissionais, refletem o tempo desviado das tarefas, violam claramente normas federais e do Departamento de Defesa, consomem recursos da rede e podem comprometer a segurança dela através de malware ou código malicioso", dizia o memorando.

Parece que a farra acabou na Agência de Defesa contra Mísseis do Pentágono, pois James também lembrou os funcionários que os sistemas da agência "são objetos de fiscalização em todos os momentos" e que "o uso indevido será detectado e reportado às autoridades de supervisão para uma ação disciplinar apropriada".

Via R7

Girafa

Deixe seu Comentário

Leia Também

Tecnologia
IFMS produz e distribui equipamento econômico de apoio para intubação
Tecnologia
Governo de MS lança programa de Iniciação Científica com 300 bolsas

Mais Lidas

Polícia
Jacaré é capturado dando 'rolê' em cidade de MS
Internacional
Estados Unidos inicia vacinação contra a Covid-19 em Nova York
Polícia
Morador de rua tenta matar desafeto a pauladas no interior do Estado
Polícia
Briga por capacete acaba em tentativa de homicídio