Menu
Busca quarta, 12 de agosto de 2020
(67) 99647-9098
TJMS agosto/20
Tecnologia

Pentágono pede aos funcionários que parem de acessar pornografia no trabalho

05 agosto 2012 - 08h05Reprodução

Parece que o pessoal da Agência de Defesa contra Mísseis do Pentágono não anda tendo muito trabalho. Pelo menos não com algo relacionado a mísseis.

Segundo informações da Bloomberg, o diretor-executivo da Agência, John James Jr., teve que mandar um memorando para seus funcionários na semana passada pedindo para que eles parassem de usar os computadores do governo americano para navegar por sites pornográficos.

O documento dizia que, nos últimos meses, os empregados do governo e prestadores de serviços estavam se "engajando no uso inadequado da rede".

"Especificamente, houve casos de funcionários e consultores acessando websites – ou transmitindo mensagens – contendo imagens pornográficas ou sexualmente explícitas. Estas ações, além de antiprofissionais, refletem o tempo desviado das tarefas, violam claramente normas federais e do Departamento de Defesa, consomem recursos da rede e podem comprometer a segurança dela através de malware ou código malicioso", dizia o memorando.

Parece que a farra acabou na Agência de Defesa contra Mísseis do Pentágono, pois James também lembrou os funcionários que os sistemas da agência "são objetos de fiscalização em todos os momentos" e que "o uso indevido será detectado e reportado às autoridades de supervisão para uma ação disciplinar apropriada".

Via R7

Senar - agosto2020

Deixe seu Comentário

Leia Também

Tecnologia
Celulares Androids terão sensores de terremotos em nova tecnologia do Google

Mais Lidas

Polícia
Agora: Homem faz família de refém e fala em suicídio
Polícia
Personal trainer é assassinada por casal de vizinhos
Saúde
Dengue: MS tem três meses sem mortes, mas é o 2º no Brasil em incidência
Geral
Ex-Ken Humano, Jessica fará reality para achar um companheiro