Menu
Busca terça, 11 de agosto de 2020
(67) 99647-9098
Governo 02
Tecnologia

Site que estimula sexo fora do casamento tem 150 mil brasileiros

13 agosto 2011 - 10h37Reprodução

Mais de 150 mil brasileiros - cerca de 48 mil mulheres e 102 mil homens - já criaram perfil no Ohhtel, rede social para pessoas que buscam sexo fora do casamento e que está em operação há menos de um mês no País. Segundo a empresa, o Brasil lidera a procura pelo serviço em comparação com outros países onde está disponível, como EUA, Canadá, Argentina e Chile. A maior concentração de usuários está em São Paulo (36%), Minas Gerais (16%) e Rio de Janeiro (13%).

"Na primeira semana de lançamento no País, recebemos uma inscrição a cada 10 segundos. É alucinante, a maior procura em todos os países que operamos, três vezes mais que nos EUA e o dobro da Argentina. Nesse ritmo, fecharemos 2011 com 300 mil usuários no Brasil", diz a brasileira Lais Ranna, vice-presidente de operações do Ohhtel no Brasil, em comunicado. O serviço foi criado em 2009 nos EUA - onde tem 1,3 milhões de usuários. Na Argentina, 60 dias após o lançamento, o site contava com 75 mil pessoas inscritas - um número já superado em 10 dias no Brasil.

O site é gratuito para as mulheres - com idade média de 33 anos, enquanto os homens - com uma média de idade de 39 anos - têm que pagar para utilizar o serviço. "Somos 100% gratuitos para as mulheres e especialmente dirigidos para elas. Agora as mulheres brasileiras também podem ter encontros com segurança e discrição usando o Ohhtel, sem os riscos de serem flagradas em bares, em relações no trabalho ou com pessoas próximas", diz Lais Ranna, afirma a porta-voz em nota.

Antes de estrear no Brasil, o Ohhtel fez uma pesquisa com 2,5 mil pessoas que apontou que 81% dos homens e 51% das mulheres trairiam se tivessem a certeza de não serem descobertos.

Senar - agosto2020

Deixe seu Comentário

Mais Lidas

Saúde
Rússia anuncia 1ª vacina contra coronavírus
Polícia
Idosa é encontrada morta pela funcionária dentro de banheiro de sua casa
Geral
Motorista da Sesau é mais uma vitíma de Covid-19 na capital
Oportunidade
Funtrab tem vaga para babá, açougueiro, confeiteiro e outras