Menu
Busca quinta, 04 de junho de 2020
(67) 99647-9098
Agronegócio

Marquinhos garante qualidade de alimentos com nova regulamentação

A nova regulamentação do SIM vai auxiliar os pequenos produtores da capital

01 julho 2019 - 16h16Joilson Francelino, com informações da assessoria

O prefeito Marquinhos Trad, assinou na manhã desta segunda-feira (1°) a nova regulamentação do Serviço de Inspeção Municipal (SIM), que visa garantir a qualidade dos alimentos produzidos pelas cerca de 100 pequenas empresas que comercializam seus produtos em Campo Grande.

Para Marquinhos, o consumidor hoje é cada vez mais exigente. “Ninguém compra mais um produto ruim. A pessoa quer saber de onde é, como é feito, data de fabricação, vencimento, rótulo, garantia dele. Acabou essa história das pessoas irem comprando as escuras e o que nós estamos fazendo é algo de educação, orientação, não é nada punitivo. Nós vamos auxiliar para que eles [produtores] tenham um selo, design para criarem empresas, se cadastrarem no MEI, não pagando nada a mais para a prefeitura e dando a certeza de que estão vendendo um produto que está sendo fiscalização pelo órgão municipal”, explicou o prefeito.

O SIM, órgão da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e de Ciência e Tecnologia (Sedesc), tem por objetivo a prévia inspeção e fiscalização, sob o ponto de vista sanitário, higiênico e tecnológico, dos matadouros, frigoríficos, fábricas de conserva de produtos cárneos e de pescado, fábricas de produtos gordurosos, fábricas de laticínios, entrepostos de carnes, peixes, ovos, mel, e demais derivados de produtos de origem animal que sejam produzidos, manipulados.

“Essa legislação que a gente está atualizando vai ao encontro com as necessidades da cadeia produtiva. Nós estamos regulamentando o serviço de inspeção municipal e nesse momento nosso trabalho é mais pedagógico para que os produtores se adéquem e depois sim haverá uma extensa e intensa fiscalização. Nós acreditamos que com isso os produtos certificados pelo SIM serão de qualidade extrema”, pontuou o secretário da Sedesc, Herbert Assunção.

O decreto assinado hoje é muito mais amplo, proporcionando ao poder público mais agilidade no controle das empresas e aplicação do selo de qualidade do SIM, atendendo assim a demanda da sociedade com garantia de qualidade e inocuidade dos alimentos. O novo decreto contem 490 artigos, enquanto o anterior continha apenas 41, não atendendo as necessidades das empresas e do poder público.

A equipe técnica da Sedesc está preparada para realizar um trabalho didático de orientação aos pequenos produtores que dependem do selo do SIM para comercializar seus produtos com garantia de qualidade. A regulamentação do novo decreto com certeza irá desburocratizar e agilizar o processo, para que o número de empresas com o selo do SIM aumente rapidamente como espera o prefeito Marquinhos Trad. Atualmente apenas cerca de 50 empresas possuem esse selo e a expectativa é que nos próximos seis meses esse número quase dobre, atingindo pelo menos 90% das pequenas empresas.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Agronegócio
Rios de MS estão com baixos índices de navegação", alerta Verruck
Agronegócio
Riedel participa de videoconferência sobre agronegócio internacional
Agronegócio
Exportações crescem e superávit de MS atinge US$ 979 milhões, aponta Governo
Agronegócio
MS tem crescimento de 50% na exportação de frango em 2020
Agronegócio
Governo Federal anuncia medidas econômicas para ajudar produtores rurais
Agronegócio
Pequenos agricultores terão orientação contra o Coronavírus
Agronegócio
Saca da soja apresenta alta de 18% nesta safra, diz Famasul
Agronegócio
Calendário de vacinação e plano de ação contra aftosa serão mantidos em MS
Agronegócio
Tereza Cristina estuda dar apoio financeiro a produtores
Agronegócio
Não faltará alimento durante a pandemia, garante CNA

Mais Lidas

Polícia
Operação TNT: PF e PRF atuam no combate à fraudes em compras de máscaras
Cidade
Refis 100% Saúde arrecada R$ 1,3 milhão para combate ao coronavírus
Clima
Inmet alerta para chuva intensas e ventos de 60km/h em MS
Cidade
Detran disponibiliza 458 veículos para leilão em junho