Menu
Busca sábado, 02 de dezembro de 2023
(67) 99647-9098
Camera Zap Nov23
Agronegócio

Mato Grosso do Sul inicia vacinação contra a febre aftosa

Estado é uma das federações que não possuem zona livre sem a vacinação nos bovinos

01 novembro 2022 - 06h30Vinicius Costa

Começa nesta terça-feira (1°), a vacinação contra a Febre Aftosa em Mato Grosso do Sul e prossegue, pelo menos, até o dia 30 deste mês de novembro. A imunização nos bovinos faz parte da Campanha Nacional e possui dois cronogramas para os responsáveis aplicarem a vacina nos bovinos.

O estado sul-mato-grossense está alocado no grupo que fará a vacinação nos bovinos e bubalinos de todas as idades. Esse bloco, por exemplo, inclui outros 10 estados e totaliza 141 milhões de animais a serem vacinados.

Em outros dez estados, a imunização de 161 milhões de bovinos e bubalinos ocorrerá em animais de até 24 meses, conforme o calendário nacional de vacinação.

A inversão das estratégias de vacinação em alguns estados, observou o Ministério da Agricultura e Pecuária, foi adotada em abril com objetivo de adequar a demanda de vacinas contra febre aftosa ao cronograma previsto de produção da indústria e, assim, garantir a oferta de vacinas para manter índices satisfatórios e a imunidade do rebanho.

Mato Grosso do Sul suspende a vacinação ao final de novembro, com Distrito Federal, Espírito Santo, Goiás, Mato Grosso, Minas Gerais e Tocantins. Ao todo, serão aproximadamente 114 milhões de bovinos e bubalinos que deixarão de ser vacinados, correspondendo a quase 50% do rebanho total do país. A ação faz parte da evolução do projeto de ampliação de zonas livres de aftosa sem vacinação no país, previstas no programa. 

Atualmente, no Brasil, somente os estados de Santa Catarina, do Paraná, Rio Grande do Sul, Acre, de Rondônia e partes do Amazonas e de Mato Grosso têm a certificação internacional de zona livre de febre aftosa sem vacinação.

Asilo

Deixe seu Comentário

Leia Também

Agronegócio
JD1 Agro: Café brasileiro é eleito o melhor do mundo
Agronegócio
Adriane assina projeto que intitula Campo Grande como a "Capital do Agronegócio"
Agronegócio
Vetos de Lula prejudicam indenizações no Marco Temporal
Agronegócio
Em homenagem, Tereza Cristina destaca protagonismo de MS no agronegócio

Mais Lidas

Polícia
JD1TV AGORA: Ladrões armados roubam joalheria dentro do Shopping Norte Sul
Geral
É hoje, bebê! Gusttavo Lima faz live no Youtube às 19h
Justiça
Justiça mantém condenação a secretário municipal e professora por compra de votos em MS
Geral
Jota Abussafi permanece internado na Capital sem previsão de alta