Menu
Busca terça, 18 de maio de 2021
(67) 99647-9098
TJMS - maio21
Brasil

Ciência sem Fronteiras abre inscrições para bolsas

16 outubro 2013 - 11h57Via Portal Brasil
O governo federal abriu nessa terça-feira (15) as inscrições para as bolsas de estudo de "graduação-sanduíche" do programa Ciência sem Fronteiras. Foram feitas 22 chamadas para a seleção de universitários interessados em estudar em 20 países. As inscrições dos editais atuais vão até 29 de novembro. Já as viagens estão previstas para começar no segundo semestre de 2014.

Para participar da seleção é necessário estar matriculado em um curso de graduação de uma instituição de ensino superior cadastrada no programa. O curso deve fazer parte de uma das áreas contempladas pela bolsa, como as de ciências exatas e biológicas. É obrigatório também ter participado de alguma edição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) entre 2009 e 2012, ou estar matriculado na edição de 2013, que acontece nos dias 26 e 27 de outubro.

Os países com inscrições abertas são: Alemanha, Austrália, Áustria, Bélgica, Canadá, China, Coréia do Sul, Espanha, Estados Unidos, Finlândia, França, Holanda, Hungria, Irlanda, Itália, Japão, Noruega, Nova Zelândia, Reino Unido e Suécia.

Em alguns casos, é preciso que o aluno comprove competência mínima no idioma do país escolhido. Na Alemanha, por exemplo, é possível realizar um curso de línguas que varia entre dez semanas e seis meses, dependendo do conhecimento do aluno antes das aulas.

O Programa
O Ciência sem Fronteiras foi lançado em 2011 pelo governo federal, com o intuito de incentivar o intercâmbio de universitários brasileiros em estudos e pesquisas em outros países. De julho de 2011 a setembro de 2013, já foram concedidas 53.552 bolsas de estudos para alunos de diversas áreas.

Ao todo, foram 43.184 oportunidades na graduação sanduíche, 5.155 no doutorado sanduíche, 3.146 no pós-doutorado, 1.316 no doutorado pleno e 751 no Jovens Talentos/Pesquisador Visitante.

Engenharias e demais tecnologias são as áreas mais procuradas. Depois, vem biologia, ciências biomédicas e área da saúde. Por fim, ciências exatas e ciências da terra.

Os Estados Unidos estão em primeiro lugar na escolha dos alunos inscritos. Segundo o MEC, 16.571 candidatos foram estudar em universidades norte-americanas. Em seguida estão Canadá e França.
Girafa

Deixe seu Comentário

Leia Também

Brasil
Vídeo mostra desespero de amigos após queda de MC Kevin
Brasil
É Golpe: Link no WhatsApp promete celular de graça na Amazon
Saúde
Covid: Ministério distribuirá mais 6,4 milhões de doses de vacinas
Brasil
Vídeo: Mc Kevin teria caído ao tentar fugir de "flagra" da esposa, diz modelo
Brasil
MC Kevin morre após cair do 11º andar de hotel
Brasil
Ricardo Nunes assume prefeitura de SP definitivamente
Brasil
Caixa inicia pagamento da 2ª parcela do auxílio; confira o calendário
Brasil
Aos 41 anos, morre Bruno Covas, prefeito de São de Paulo
Brasil
Morre Eva Wilma, aos 87 anos, vítima de câncer no ovário
Brasil
Covid: Brasil tem 15,5 milhões de casos acumulados e 434,7 mil mortes

Mais Lidas

Polícia
Jacaré é capturado dando 'rolê' em cidade de MS
Internacional
Estados Unidos inicia vacinação contra a Covid-19 em Nova York
Polícia
Morador de rua tenta matar desafeto a pauladas no interior do Estado
Polícia
Briga por capacete acaba em tentativa de homicídio