Menu
Menu
Busca sexta, 21 de junho de 2024
Gov Detran Jun24
Cidade

Atenção! Férias escolares acendem alerta de acidentes com pipas em rede elétrica

A orientação aos pais, é que tenham atenção redobrada com a garotada nesta época do ano

07 julho 2023 - 13h40Brenda Leitte

Durante o período das férias escolares, muitas crianças aproveitam para se divertir soltando pipas nas ruas, nas praças e quadras. No entanto, todos os anos a Defesa Civil alerta para que essa brincadeira não seja realizada próxima às redes elétricas ou residências. O uso do cerol também deve ser evitado por ser um forte condutor de energia elétrica.

Chamando a atenção dos pais, que devem ficar de olho em seus filhos, é importante que nesta época do ano os adultos tenham atenção redobrada com a garotada, para evitar esses acidentes elétricos dentro ou fora de casa.

Dados da Abracopel (Associação Brasileira de Conscientização para os Perigos da Eletricidade), mostram que a letalidade é maior entre acidentes com crianças e idosos. Em 2022, no Brasil foram registrados 51 acidentes de choque elétrico com crianças, sendo 26 fatais.  

Confira as principais dicas para não correr risco na hora de soltar pipa:   

- Empine pipas longe da rede elétrica, onde não exista nenhum tipo de cabo de energia, de serviço telefônico ou antenas de celular;
- Busque espaços abertos como praças, parques e campos de futebol para usar o brinquedo;
- Não solte pipas em canteiros centrais de ruas, avenidas, rodovias ou qualquer lugar onde exista fluxo de veículos;
- Nunca use cerol ou a linha “chilena”: elas são proibidas por lei.
- Não utilize papel alumínio na confecção da pipa;
- Caso a pipa enrosque nos fios, é melhor desistir do brinquedo. Não tente pegar a pipa na fiação, nem com as mãos, bambus ou qualquer outro objeto;
- Não solte pipas em dias de chuva, principalmente se houver relâmpagos;
- Tenha cuidado com ciclistas e motociclistas, pois as linhas não podem ser vistas por eles e causar graves acidentes.   

Em caso de acidentes envolvendo a rede elétrica, acione a Energisa pelos canais de atendimento:

Aplicativo para celular Energisa On;
* Site www.energisa.com.br   ;
WhatsApp (Gisa): www.gisa.energisa.com.br;
* Call Center – 0800 646 4196.

 

Tenha em seu celular o aplicativo do JD1 e acompanhe em tempo real todas as notícias. Para baixar no IOS, clique aqui. E aqui para Android

Reportar Erro

Deixe seu Comentário

Leia Também

Não restou praticamente nada do veículo
Cidade
SUV de luxo fica destruída após incêndio ao lado do Rádio Clube Campo
Fumacê
Cidade
Jardim Leblon, Dr. Albuquerque e Universitário recebem Fumacê nesta quinta
Pedágio da CCR MSVia na rodovia federal BR-163
Política
Deputados de MS movem ação judicial para 'barrar' reajustes de pedágio na BR-163
Prefeitura convoca monitores de alunos e assistentes de educação infantil
Cidade
Prefeitura convoca monitores de alunos e assistentes de educação infantil
Vítima foi atendida pelo Samu e levada para a Santa Casa
Cidade
Idoso quebra as pernas ao cair de telhado na Vila Piratininga
Em uma semana, Saúde confirma 24 mortes por dengue em MS
Cidade
Em uma semana, Saúde confirma 24 mortes por dengue em MS
Silas e Aysla foram mortos por engano
Justiça
TJ nega soltar motorista de app suspeito de participação em mortes de adolescentes
Consultório veterinário móvel de Campo Grande
Cidade
Bem-estar animal: Prefeitura lança consultório veterinário móvel na Capital
Agetran interdita ruas em Campo Grande
Cidade
Veja as ruas que ficarão interditadas para a festa da Padroeira
Antes e depois do entorno no empreendimento
Cidade
'Cracolândia' da região da Antiga Rodoviária ganha empreendimento privado

Mais Lidas

Breno Souza Firmino, de apenas 16 anos, atuava como volante na equipe SUB-17 da Portuguesa
Polícia
Adolescente de time de MS morre na Capital
Antes e depois do entorno no empreendimento
Cidade
'Cracolândia' da região da Antiga Rodoviária ganha empreendimento privado
Leonildo Herrero atuou por 38 anos na Santa Casa da Capital
Geral
Morre o médico Leonildo Herrero
Marcelo Batista Chaves foi surpreendido pelos atiradores, que estavam de moto e fugiram logo após efetuar os disparos
Polícia
Campo-grandense é morto a tiros ao chegar no Paraguai para fazer compras