Menu
Menu
Busca quarta, 17 de abril de 2024
Cidade

De volta: municípios de MS esperam verbas do "Minha Casa Minha Vida"

Projeto foi recriado em 2023, após anos de redução no investimento federal em moradias

22 março 2023 - 16h08Brenda Leitte

O governo federal finaliza a regulamentação para retomar o "Minha Casa Minha Vida", recriado por medida provisória, e municípios de Mato Grosso do Sul têm boa expectativa que o retorno do programa de habitação viabilize projetos de moradia em todo o Estado.

O assessor da presidência da Assomasul (Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul), Élcio Paes, comenta que todas as obras propostas por cidades precisam de regulamentação. “Tudo é feito em linhas de financiamento e depende do governo federal. Quando soltarem as prévias, por parte do governo, aí tudo começa. Por isso, as expectativas são as melhores possíveis, para que reative o projeto", disse Paes.

Ele destacou queda nos investimentos do setor de habitação em todo o País, o que inclui praticamente todos os municípios de Mato Grosso do Sul. “Nos últimos anos, os investimentos foram muito baixos, praticamente zero. Teve município que nem teve investimento por parte do governo federal. O investimento caiu em torno de 40%", relatou.

Segundo o Ministério das Cidades, há 29 conjuntos habitacionais em território Sul-mato-grossense e não há casas do programa paradas.

Há somente uma unidade na área rural de Campo Grande não concluída, mas ela faz parte do PNHR (Programa Nacional de Habitação Rural).

Minha Casa Minha Vida

 A Medida Provisória nº 1.162, de 14 de fevereiro de 2023, dispõe sobre as novas regras para o programa, com eficácia imediata. Segundo o Ministério das Cidades, apesar do lançamento do novo programa, para sua operacionalização será necessária a publicação da regulamentação infralegal que trará as condições para a contratação dos empreendimentos e demais aspectos.

As especificações e regras de como vai funcionar o novo MCMV estão em fase de elaboração e, posteriormente, serão publicadas por meio dos normativos oficiais.

 

Tenha em seu celular o aplicativo do JD1 e acompanhe em tempo real todas as notícias. Para baixar no IOS, clique aqui. E aqui para Android.

Reportar Erro

Deixe seu Comentário

Leia Também

Sisep atuando nos bairros da Capital
Cidade
Após fortes chuvas, equipes estão nas ruas para amenizar estragos na Capital
Sem semáforo, veículos fazem "fila" e criam congestionamento na via
Cidade
Sem energia em semáforos, Antônio Maria Coelho enfrenta "caos"
Ocorrido foi na Rua Corticeira
Cidade
Cuidado: Fios de energia elétrica estão soltos na Antônio Maria Coelho
Fachada da prefeitura de Campo Grande
Cidade
Prefeitura concorre ao 'Prêmio Latam Digital' por inovação no uso de IA
AGORA: Avenida Guaicurus fica alagada após fortes chuvas; veja
Cidade
AGORA: Avenida Guaicurus fica alagada após fortes chuvas; veja
Adriane sanciona Lei que cria o 7º Conselho Tutelar na região do Prosa
Cidade
Adriane sanciona Lei que cria o 7º Conselho Tutelar na região do Prosa
Folga: Prefeitura declara ponto facultativo dia 31 de maio
Cidade
Folga: Prefeitura declara ponto facultativo dia 31 de maio
Fachada da Câmara Municipal de Campo Grande -
Política
Câmara Municipal e TJMS firmam convênio para transmissão de conteúdo na TV aberta
Janine Bruno e Paulo da Silva
Cidade
Janine Bruno é exonerado da Agetran e Paulo da Silva assume
Passageira foi socorrida pelo Samu
Cidade
JD1TV: Passageira de moto é 'lançada' após colisão com caminhonete na Afonso Pena

Mais Lidas

Acidente aconteceu no Monte Castelo
Polícia
Motociclista que morreu após bater em muro no Monte Castelo pilotava sem CNH
Janaina tinha 40 anos e trabalhava na Semed
Polícia
Identificada motociclista morta que bateu em muro de condomínio no Monte Castelo
Agetran divulga lista de multas aplicadas de 21 a 31 de março
Cidade
Multas de trânsito: saiba se você foi "canetado" entre 21 a 31 de março
Diogo Nantes morreu na hora
Polícia
JD1TV: Jovem morre após carro ser atingido pela haste da lona de um caminhão na MS-164