Menu
Menu
Busca terça, 18 de junho de 2024
Senar Junho24
Cidade

Em 1 semana, operação visitou 2,5 mil casas e eliminou 148 focos do Aedes aegypti

Também foram recolhidos 3.013 depósitos do mosquito

26 janeiro 2023 - 10h50Taynara Menezes     atualizado em 26/01/2023 às 12h35

Lançada há uma semana,  a 4ª etapa da campanha de combate ao Aedes aegypti – Operação Mosquito Zero – já visitou  2,511 mil imóveis em Campo Grande, eliminando 148 focos do Aedes aegypti, além de recolher 3.013 depósitos do mosquito entre os dias 18 a 25 de janeiro .

Conforme a Coordenadoria de Controle de Endemias Vetoriais da Secretaria Municipal de Saúde (CCEV/SESAU) os trabalhos estão concentrados na Região Urbana do Prosa, a ação tem mobilizado, cerca de, 200 agentes de combate às endemias na inspeção de casas e terrenos baldios, recolhendo e eliminando materiais criadouros do mosquito e orientando os moradores para prevenção.

A previsão é de que a campanha Operação Mosquito Zero se estenda até o final do mês de fevereiro, contemplando as sete regiões urbanas do Município.

Etapas

Nas três etapas já realizadas da campanha foram inspecionados 25.817 imóveis, 14.725 depósitos recolhidos e 819 focos eliminados, nas regiões Segredo, Anhanduizinho e Bandeira. 

A campanha anterior, realizada em maio deste ano, teve mais de 59 mil criadouros eliminados e 2.239 focos eliminados. A Operação Mosquito zero é realizada em Campo Grande desde 2019, quando o município registrou mais de 40 mil casos de dengue.

Dados epidemiológicos

Do dia 01 de janeiro a 23 de janeiro foram confirmados 335 casos notificados e 22 casos  confirmados de dengue em Campo Grande. Em 2022, foram 8.225 casos confirmados e sete óbitos provocados pela doença.

Infestação pelo Aedes 

Conforme o LiRaa divulgado neste mês de janeiro, cinco áreas de Campo Grande foram classificadas com  risco para infestação do Aedes aegypti: Vida Nova, Seminário, Coophavilla,  Silvia Regina, Cidade Morena e Batistão. Outras 40 áreas estão em alerta e 25 apresentam índices satisfatórios.. O LiRaa completo pode ser consultado clicando aqui

Orientações

Caixas d’água, cisternas, tonéis, tambores e filtros necessitam ser tampados. Até mesmo reservatórios de eletrodomésticos devem passar por uma vigilância frequente, como é o caso de geladeiras e climatizadores.

Verifique se a sua geladeira tem um coletor de água do degelo automático (fica na parte de trás, perto do motor). Caso tenha, é preciso limpar com água e sabão a bandeja onde a água é acumulada, pelo menos uma vez por semana. No caso de climatizadores ou aparelhos de ar-condicionado, é necessário retirar o compartimento, esvaziá-lo e lavá-lo.

Ralos limpos e com aplicação de tela evitam o surgimento de criadouros. Além disso, é importante saber que a água com larvas não deve ser derramada em ralos ou na pia – lugares que podem gerar acúmulo –, e sim na terra ou no cimento quente.

Com o calor que faz na cidade, piscinas – de todo tipo ou tamanho – são motivo de alegria. Mas a atenção deve ser redobrada, pois também se trata de um dos lugares favoritos do Aedes. Sendo assim, fica a dica: piscinas e fontes devem ser limpas e tratadas com o auxílio de produtos químicos específicos.

Um modo de prevenir criadouros é descartar objetos no lugar correto e levar o lixo para fora de casa somente no dia da coleta, por exemplo. Recipientes e sacos plásticos, garrafas, latas, sucatas, ferro-velho, entulhos em construção; tudo isso pode ser foco de Aedes. Furar o fundo das latas e, se possível, amassar; tampar latas de tinta e deixá-las em local adequado; enviar sacos plásticos para reciclagem; amassar copos descartáveis; e manter garrafas com tampas ou viradas para baixo são algumas medidas que podem ajudar a eliminar o acúmulo de água.

Reportar Erro

Deixe seu Comentário

Leia Também

Oi S/A -
Justiça
Oi deve devolver R$ 20,7 milhões a consumidores por cobrança indevida de ICMS em MS
Prefeitura abre processo seletivo para pessoas com ensino médio
Cidade
Prefeitura abre processo seletivo para pessoas com ensino médio
Todos em Ação chega ao Noroeste no sábado
Cidade
Todos em Ação chega ao Noroeste no sábado
Gabriela estava presa preventivamente
Justiça
Jovem que matou cunhado com facada em Campo Grande é solta
Ex-vereador Eduardo Pereira Romero -
Justiça
Ex-vereador de Campo Grande é condenado por contratar funcionário fantasma
Centro de Integração do Detran auxiliou na recuperação de 15 veículos em MS
Cidade
Centro de Integração do Detran auxiliou na recuperação de 15 veículos em MS
Adriane entrega cinco escolas revitalizadas na Capital nesta segunda
Cidade
Adriane entrega cinco escolas revitalizadas na Capital nesta segunda
Ministério Público Federal (MPF) -
Educação
Cidadãos de Deodápolis e Laguna Carapã são ouvidos pelo MPF sobre educação básica
DERF deu orientações sobre como evitar furtos
Brasil
DERF é homenageada na Câmara Federal por prender ladrão de farmácias na Capital
Magali Picarelli - Foto: Reprodução /
Justiça
Ex-vereadora e ex-nora 'escapam' de pagar R$20 mil por suposto nepotismo na Capital

Mais Lidas

Inverno 2024
Clima
Inverno começa nesta semana e deve ter temperaturas acima da média em 2024
Ex-prefeito de Anastácio, Douglas Melo Figueiredo
Justiça
Justiça atende MPMS e bloqueia R$ 639 mil do ex-prefeito de Anastácio
Passageira de carro que bateu em poste na Afonso Pena morre na Santa Casa
Polícia
Passageira de carro que bateu em poste na Afonso Pena morre na Santa Casa
Mulher posta nude do ex-marido para se vingar após ver foto dele com nova namorada
Polícia
Mulher posta nude do ex-marido para se vingar após ver foto dele com nova namorada