Menu
Busca sexta, 20 de setembro de 2019
(67) 99647-9098
Cidade

Em Brasília, Marquinhos busca recurso para recapear 35 km de vias

O prefeito quer a liberação de R$ 22 milhões para iniciar as obras nas cinco regiões

21 maio 2019 - 18h36Joilson Francelino, com informações da assessoria

O prefeito Marquinhos Trad foi à Brasília nesta terça-feira (21) onde se reuniu com o secretário-executivo Antônio Carlos Futuro, do Ministério do Desenvolvimento Regional, e falou sobre a continuidade das obras de revitalização do Rio Anhandui e liberação de recursos para recapeamento de 35 quilômetros de vias em Campo Grande.

A Secretaria Municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos (Sisep) já tem definido quais vias serão recapeadas em cinco regiões urbanas de Campo Grande, com o recurso.

São R$ 22 milhões de uma emenda da bancada federal de Mato Grosso do Sul, no Congresso Nacional, que para o prefeito é importante para a cidade. “Além de garantir um trânsito melhor, gera economia. São ruas que têm em comum, além do tráfego intenso, o asfalto desgastado, que gera um custo muito alto com tapa-buraco, uma medida paliativa”, declarou.

Os recursos do atenderão, na região do Anhanduizinho, quatro das principais vias de acesso a alguns dos bairros mais populosos. Haverá recomposição do pavimento  numa extensão de 6,3 quilômetros, abrangendo  os 3,1 quilômetros no Aero Rancho,  começando na Avenida Campestre, cruzamento com a Avenida Gunter Hans e seu prolongamento, a Rua Santa Quitéria, até a Rua Divisão.

Ainda na região urbana do Anhandui, será refeito o asfalto da Rua Lagoa da Prata (entre a Santa Quitéria e Avenida Guaicurus)  e  da Rua da Divisão (entre as ruas Eva Peron e Avenida Aranha).

O mesmo serviço está programado para uma extensão de 850 metros da Ana Luiza de Souza (entre a Francisco dos Anjos e a Rua dos Gonçalves. Esta é a principal via comercial  e atravessa praticamente o Bairro Pioneiros.

Na região do Bandeira, está programada a execução de 8,1 quilômetros de recapeamento, abrangendo trecho de seis ruas: Paraisópolis, Júlio Verne, dos Democráticos, Professor Hilário da rocha, Vitor Meirelles e Rua Santa Santana. Nos 650 metros em situação mais crítica da Rua Júlio Verne (entre a Dr. Werneck e Avenida Gury Marques),o gasto médio anual com tapa buraco é de R$ 14,7 mil.

Na região urbana do Centro, os recursos do OGU vão garantir a execução de 1,450 km de recapeamento, incluindo trechos das ruas Dona Ambrosina ;Levinda Ferreira; Presidente Castelo Branco e Avenida Monte Castelo, ligação da Mascarenhas de Moraes com a Rachid Neder.

Na região do Prosa, está planejada a recuperação de 10,6 quilômetros de vias, incluindo as ruas Jeribá; Hermelita de  Oliveira Gomes; Paulo Machado; Pedro Martins; Olímpio Klafke; Capiatã; Giocondo; Autnomista e Luciana.

No Imbirussu, está prevista (com os recursos da emenda coletiva) o recapeamento de 8,5 quilômetros, cobrindo oito vias importantes no sistema viário da região. Será recapeada a Avenida Capibaribe  (ligação entre as avenidas Julio de Castilho e Duque de Caxias); Yokoama; Taquari; Ministro José Linhares; Presidente Café Filho; Avenida Murilo Rolim Junior e Rua dos Andradas, ligações entre as avenidas Duque de Caxias e Julio de Castilho.

Toka do Jacare - perkal

Deixe seu Comentário

Leia Também

Cidade
Longen distribui mudas de árvores na Afonso Pena
Cidade
Prefeitura lança licitação de pavimentação do Tijuca
Cidade
14 de Julho tem trecho interditado para recapeamento
Cidade
Mais dois radares na Afonso Pena começam a multar
Cidade
Agehab prorroga suspensão de inscrições na capital
Cidade
Inmet prevê névoa seca e máxima de 39ºC nesta quinta-feira
Cidade
AO VIVO - Pinga fogo com diretor da EMHA; participe e esclareça suas dúvidas
Cidade
PMA autua infrator em mais de R$ 40 mil por desmatamento ilegal
Cidade
Presidente do Sintect-MS vai à ALEMS e faz apelo pela não privatização
Cidade
Terça-feira começa sem atrasos e cancelamentos no aeroporto da capital

Mais Lidas

Polícia
Mulher que desapareceu há um mês é encontrada morta por suicídio
Polícia
Após divulgação de imagem, homem faz acordo para devolver veículo
Polícia
Vídeo - Mortes em série de gatos no Villagio Parati intrigam moradores
Geral
Árvore cai e Espírito Santo está interrompida