Menu
Busca quinta, 27 de junho de 2019
(67) 99647-9098
Cidade

Escola Sesi abre inscrição para curso de primeiros socorros obrigatório

O curso é destinado aos professores, que devem ser capacitados para executar os primeiros socorros até a chegada do médico

03 fevereiro 2019 - 07h40Da redação com assessoria

Após um incidente acontecer com um aluno em uma excursão, uma lei trata com obrigatoriedade a capacitação de professores e funcionários nas instituições de ensino, para que os mesmos saibam como agir em situação de emergência.

O Sesi procura por medidas de prevenção e desenvolveu um curso de primeiros socorros nas escolas, voltado para professores, que por meio de aulas teóricas e práticas irá capacitá-los em situações de emergência. As inscrições para primeira turma de 2019, estão abertas e os professores que tem interesse pode garantir a vaga, já que são limitadas.

As aulas são presenciais e serão realizadas nos dias 7 e 8 de fevereiro, das 18 às 22 horas, na Faculdade do Senai de Campo Gander. Para se matricular, basta ligar no 0800 723 7374 e seguir as orientações e receber outras informações sobre os documentos necessários. É possível pagar a taxa de inscrição no dia do curso, em dinheiro ou com cartão de débito.

Os profissionais precisam cumprir a carga horaria regulamente, concluindo um total de 8 horas para receber o certificado do Sesi, que atesta ao estabelecimento que os professores e funcionários estão capacitados para agir identificar e agir preventivamente até o socorro médico chegar, atendendo as demandas conforme a lei.

Lei Lucas 

Em outubro de 2017, Lucas Begalli Zamora de Souza morreu depois de engasgar com um cachorro-quente durante uma excursão da escola, no município de Cordeirópolis (SP). O caso chamou a atenção para a realidade de instituições de ensino do Brasil afora - segundo dados da ONG Criança Segura, menos de 1% dos estabelecimentos de educação infantil contam com funcionários capacitados para agir em situações de emergência.

Desde o ocorrido, a mãe do menino, Alessandra Begalli, atua para tornar lei a obrigatoriedade da capacitação de professores e funcionários das escolas. Por causa do trabalho, a Lei Federal nº 13.722/2018, de 04 de outubro de 2018, foi batizada de “Lei Lucas”.

Assembleia para todos - junho-19

Deixe seu Comentário

Leia Também

Cidade
Representantes da Sudeco ouve demandas do setor produtivo de MS
Cidade
Prefeitura vai reforçar a iluminação nas saídas da capital
Cidade
Prefeitura publica resultado de seleção de motoristas
Cidade
Com capacitação, 65% da Guarda Municipal estará pronta para trabalhar armada
Cidade
Casas de ração são fiscalizadas pelo Procon
Cidade
Duas entradas do Parque das Nações serão fechadas para desassoreamento
Cidade
Com mais investimentos criminalidade em MS cai 16%
Cidade
Vereadores divergem sobre criação de CPI do Transporte Coletivo
Cidade
Supermercado Real é autuado pela venda de produtos vencidos
Cidade
Terminais serão reformados na capital com investimento de R$ 5,4 mi

Mais Lidas

Polícia
Vídeo – ex-policial é executado no estacionamento do Shopping China
Polícia
Pilar de concreto cai e mata criança deitada em rede
Cidade
Supermercado Real é autuado pela venda de produtos vencidos
Polícia
Homem é atendido com faca cravada no crânio em MS