Menu
Busca segunda, 25 de março de 2019
(67) 99647-9098
TJMS março-19
Cidade

Gestão de resíduos foi apresentada na Câmara pelo secretário da Semadur

A secretaria intensifica as fiscalizações da destinação incorreta dos resíduos por meio da E-CTR

21 fevereiro 2019 - 15h19Mauro Silva, com assessoria

O secretário de Meio Ambiente e Gestão Urbana (Semadur) Luís Eduardo Costa expõe aos vereadores durante sessão na Câmara nesta quinta-feira (21) ações que estão sendo implementadas pela Prefeitura de Campo Grande em relação à gestão dos resíduos, cadastramento e emissão de controle de transporte e resíduos por meio eletrônico (E-CTR).

A Semadur vem aprimorando a fiscalização da destinação ou acondicionamento incorreto dos resíduos na cidade, por meio do E-CTR, que inclui o cadastramento e emissão de controle de transporte e resíduos por meio eletrônico. Luiz Eduardo ainda destaca que a administração municipal não arcou com dinheiro público para o desenvolvimento e instalação do sistema.

“Com as parcerias firmadas com a iniciativa privada conseguimos implantar o sistema que garante uma maior eficiência nas informações disponibilizadas e na efetivação das fiscalizações”.

Durante a audiência foram abordados assuntos relacionados à logística do plano de gerenciamento, redução de custos, aplicação da Lei nº 6.159/2019, geração de emprego e renda e financiamento das cooperativas. A Lei prevê esse sistema traz uma série de normas para que a atividade de coleta, transporte e destinação de resíduos sólidos seja monitorada por meio eletrônico.

Ainda na audiência foi apresentado aos vereadores o Decreto Municipal nº 13.754, publicado em Diário no dia 9 de janeiro deste ano, que dispõe sobre as normas para que a atividade de coleta, transporte e destinação de resíduos sólidos seja monitorada por meio eletrônico em Campo Grande, inclusive quem não se cadastrar para utilização do sistema terá seus cadastros suspensos impedindo que o transportador de resíduos de construção civil e resíduos volumosos desempenhem suas atividades.

O titular da Semadur explicou que 2019 é um ano transitório de implantação do sistema e que só trará benefícios para cidade. “A ferramenta vai auxiliar na fiscalização, com tecnologia a serviço da população, com regramento. Quem já faz de forma correta não vai sentir muita diferença. Quem não percebe o coletivo e só pensa na rentabilidade, a fiscalização vai autuar com firmeza”, afirma Luiz Eduardo.

De acordo com Luiz Eduardo, com este sistema haverá gestão sobre o controle dos resíduos da construção de Campo Grande. “Por várias décadas não se consegue colocar os resíduos no local correto e para isto nós estamos trabalhando com um assunto complexo que são os restos das construções que podem ser reaproveitados em diversos setores e outro ponto positivo e a redução das montanhas de entulhos como aconteceu no Jardim Noroeste”.

“E quem vai ganhar com isto são as futuras gerações. Este trabalho vai evitar o acumulo de entulhos nos bairros da cidade, porque as pessoas que moram nos bairros precisam viver em locais limpos e não ter problemas com animais peçonhentos, traças e escorpiões que trazem riscos para a saúde”. Reforça Luiz Eduardo.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Cidade
Praça Ary Coelho está fechada para manutenção
Cidade
Moradores do bairro Cidade Jardim ganham academia ao ar livre
Cidade
Prefeitura rebate pesquisa sobre fechamento de lojas no centro
Cidade
Mutirão contra a dengue passará pelos bairros Noroeste, Pedrossian e Los Angeles
Cidade
Capital ganha salão que usa produtos orgânicos
Cidade
“Vou entregar a cidade melhor do que peguei”, diz Marquinhos Trad
Cidade
Funesp inaugura academia ao ar livre no bairro Cidade Jardim
Cidade
Reinaldo e Marquinhos entregam casas nesta terça-feira, na capital
Cidade
Bairro Cidade Jardim ganha academia ao ar livre
Cidade
Pesquisa detecta queda no preço de fraldas descartáveis

Mais Lidas

Geral
Cantor sertanejo morre em acidente na BR-163
Polícia
Imagem Forte - Homem é executado com mais de 20 disparos em Ponta Porã
Política
Vídeo - Deputado apanha de vereador e sai machucado
Polícia
Trabalhadores encontram corpo no rio Anhanduí