Menu
Busca terça, 05 de julho de 2022
(67) 99647-9098
Prefeitura - Reviva Junho-julho22
Cidade

MP abre inquérito contra Flexpark

Paulo Duarte quer valores de créditos não utilizados por usuários sejam devolvidos

12 maio 2022 - 13h10Evelyn Thamaris

Após a representação protocolada pelo deputado estadual Paulo Duarte (PSB), junto ao Ministério Público de Mato Grosso do Sul (MPMS), solicitando providências em relação aos créditos do estacionamento rotativo, em Campo Grande, pagos pelos consumidores à Flexpark, o MPMS abriu investigação contra a empresa e recomenda devolução imediata de valores recebidos.

Mesmo ciente do encerramento da concessão, a empresa continuou vendendo créditos do estacionamento rotativo, na capital, e após a finalização do contrato não devolveu o dinheiro dos créditos não utilizados.

Em entrevista ao JD1 Notícias, Paulo Duarte disse que recebeu várias reclamações de usuários, alegando a situação e que diante disso viu a necessidade de se recorrer à justiça.

“Aparecer de ser valores relativamente pequenos, somando cada usuário, o montante se torna significativo, configurando em apropriação indébita. O correto é respeitar o direito dos consumidores e fazer a devolução dos valores”, fala o deputado

Duarte destacou a ainda que a representação deverá servir como exemplo. Concluindo que a expectativa é de que a justiça seja feita e os valores devolvidos.

Inquérito

A recomendação e a abertura de inquérito foram expedidas com rapidez na tarde dessa quarta-feira (11). O Ministério Público MS solicita a Metro Park Administração a devolução imediata aos consumidores de todos os valores em seu poder, angariados em razão de pagamentos antecipados de tarifa pelo serviço de estacionamento rotativo.

Além disso, o MPMS orienta que sejam adotadas medidas de gestão empresarial e operacional com vistas a propiciar, de pronto e de imediato, o reembolso de valores reivindicados pelos consumidores lesados.

O Ministério Público Estadual instaurou, ainda inquérito civil para apurar possível lesão a direitos coletivos dos consumidores pela retenção de créditos, gerados com o pagamento antecipado de tarifa, com a não devolução de valores aos consumidores que almejam imediato reembolso.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Cidade
JD1TV: Incêndio nos fundos do aeroporto mobiliza Corpo de Bombeiros na Capital
Cidade
Salário dos servidores municipais de Campo Grande será pago na quarta-feira
Cidade
Com 50 animais, feira de adoção acontece neste sábado
Cidade
Trânsito: Obras interditam a rua Rui Barbosa nesta terça-feira
Educação
Pronatec encerra inscrições nesta quinta-feira
Política
Capital fica entre as melhores cidades do país para se investir
Cidade
Começa em 10 dias a 1ª etapa do asfalto do Jardim Centenário
Cidade
Julho: Placas terminadas em 5 e 6 devem pagar o licenciamento
Cidade
Jardim Centenário será contemplado com pavimentação asfáltica
Cidade
Na Zahran com a Três Barras, caminhão quebra e gera "furdúncio"

Mais Lidas

Polícia
Mulher é socorrida seminua, suja e ensaguentada após assalto no Centenário
Polícia
Jovem morre engasgado com uva no Jardim Carioca
Interior
Comerciante de Coxim morre após sofrer grave acidente na BR-163
Geral
Leilão da Sefaz tem mais de 900 lotes com produtos como celulares e computadores