Menu
Menu
Busca domingo, 21 de julho de 2024
TJMS Jul24
Cidade

Mulher dada como morta interrompe o próprio velório

O fato inusitado ocorreu em Dourados antes do enterro

29 janeiro 2019 - 12h50Rayani Santa Cruz com Dourados News    atualizado em 30/01/2019 às 03h27

Um caso inusitado chamou a atenção do setor policial em Dourados, nessa semana. Uma mulher dada como morta ligou para a família na hora do velório e revelou o engano na identificação de corpo que seria sepultado.

As informações são do Dourados News, e revelam que no dia 19 de janeiro por volta das 22h, uma mulher foi encontrada ferida com sinais de espancamento na rua Coronel Ponciano, próximo a uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Dourados. Ela foi levada ao pronto-socorro e por conta da gravidade dos ferimentos, precisou ser transferida ao Hospital da Vida, mas, morreu.

continue após a publicidade

O corpo foi encaminhado ao Instituto de Medicina e Odontologia Legal (IMOL), e até então a vítima não possuía identificação.

O engano ocorreu, pois, no mesmo período uma família na Aldeia Bororó buscava informações sobre uma parente desaparecida. A irmã da mulher foi ao Imol e reconheceu o corpo como sendo de Rosicleia da Silva Liandres. 

A família providenciou o velório que durou de sábado até segunda-feira (28), para dar tempo da despedida de familiares de outros municípios.

continue após a publicidade

Para a surpresa de todos, enquanto a suposta parente era velada, Rosicleia – que estava desaparecida–, telefonou para a irmã informando que estaria em uma fazenda e que por problemas no local, atrasou o retorno para casa. 

Sem acreditar inicialmente, a irmã de Rosicléia revelou sobre o enterro, enquanto a outra afirmou sobre o engano na identificação do corpo.

Encerrado o velório, o corpo da mulher retornou ao Imol e após exames periciais foi identificada como Cristina de Oliveira, 48 anos, também moradora da reserva indígena.

Reportar Erro

Deixe seu Comentário

Leia Também

Mais uma etapa de limpeza foi deflagrada na quarta-feira
Cidade
Em dois dias, Energisa retirou mais de 10 mil metros de cabos clandestinos de postes
Casos de dengue crescem no Brasil
Cidade
Na luta contra a dengue, MS ultrapassa os 15 mil casos registrados
Agetran interdita ruas em Campo Grande
Cidade
Confiras as ruas que ficarão interditadas neste fim de semana na Capital
Moradores do bairro Oliveira III na Capital
Cidade
Prefeitura entrega ruas asfaltadas aos moradores do bairro Oliveira III
Fumacê
Cidade
Nova Campo Grande e Vila Popular recebem Fumacê nesta quinta
Transporte coletivo em Campo Grande
Cidade
Menos ônibus: Consórcio opera com programação de férias escolares até fim de julho
A ordem de serviços para o início da reforma será assinada após o período eleitoral
Cidade
Adriane anuncia investimento para revitalização do Camelódromo
Cruzamento da Rua Santa Adélia com Ernesto Geisel
Cidade
Região do Cohafama próximo ao Norte Sul terá ruas interditadas até o fim do julho
Sede do Detran-MS em Campo Grande
Cidade
MS tem 91 mil processos de 1° habilitação para serem feitos até dezembro
Mais uma etapa de limpeza foi deflagrada nesta quarta-feira
Cidade
JD1TV: Energisa e Sejusp deflagram ação para retirar fios clandestinos de postes da Capital

Mais Lidas

Aeroportos, como o de Madri, na Espanha, foram os locais mais afetados com o apagão
Geral
Apagão cibernético 'para o mundo' e deixa bancos, aeroportos e serviços inoperantes
Reprodução/Instagram
Esportes
Dispensado pelo Athletico, Bruninho Samudio assina com o Botafogo
A nova edição será neste sábado (20), em Campo Grande
Comportamento
'Desapega Campo Grande' vai reunir mais de 100 expositores com peças a partir de R$ 1
JD1TV: Será? Vídeo de supostas cenas de sexo de Mel Maia com traficante vaza na internet
Brasil
JD1TV: Será? Vídeo de supostas cenas de sexo de Mel Maia com traficante vaza na internet